Tudo indica que a Apple vai relançar o iPhone 6 no Brasil — em versão única de 32GB


O iPhone 6 foi lançado pela Apple em setembro de 2014 e permaneceu como o modelo topo-de-linha da empresa até setembro de 2015, quando o iPhone 6s deu as caras. Como a Apple adota uma estratégia de continuar vendendo o modelo anterior por um preço mais em conta, o iPhone 6 continuou sendo comercializado até setembro de 2016, quando o iPhone 7 foi lançado e o 6s ocupou o seu lugar.

Há algumas semanas, de forma um pouco surpreendente, a Apple relançou o aparelho em alguns mercados asiáticos. Em vez de oferecer as opções originais de 16GB, 64GB e 128GB, a empresa optou por apenas um único modelo de 32GB (equiparando o armazenamento mínimo ao oferecido em outros aparelhos como o iPhone SE, o 6s e o 7) na cor dourada. Pois tudo indica que esse iPhone 6 de 32GB também será relançado aqui no Brasil.

Não, esse aparelho não foi achado em um bar. 😜

O leitor Mark Bierast nos enviou fotos que comprovam a existência de um iPhone 6 de 32GB já com o selo da Anatel e com as informações (caixa, manual, etc.) totalmente em português. Um produto desses, obviamente, só pode ser destinado ao nosso mercado.

Não temos ainda informações de quando o aparelho começará a ser vendido nem o seu preço oficial, mas tudo indica que o relançamento dele não deve demorar muito. Considerando que o iPhone SE de 32GB sai oficialmente por R$2.499 (quando parcelado em até 12 vezes) e, tirando a tela menor, ele é como se fosse um iPhone 6s, não é difícil especular que esse iPhone 6 de 32GB poderá chegar ao Brasil por cerca de R$1.999 (mera aposta nossa).

Mas por que a Apple está relançando este aparelho em alguns mercados? A estratégia muito provavelmente tem a ver com a possibilidade de oferecer um modelo mais em conta, atraindo mais usuários para o ecossistema da empresa; se levarmos em consideração que os números da Apple aqui no Brasil estão em declínio (e não é de agora), uma estratégia dessas faz sentido — e não é nova, diga-se.

Se a Apple seguir a estratégia asiática, esses aparelhos deverão ser comercializados não diretamente por ela, mas pelas suas parceiras (operadoras). Aqui, porém, pelas informações que obtivemos, as grandes redes varejistas também deverão entrar no bolo. Além disso, na China e em Taiwan a Apple — aparentemente — só está comercializando o modelo na cor dourada; por aqui, conforme podemos ver nas imagens, teremos ao menos a cor cinza espacial (que também já pintou na Índia e na Bielorrússia).

Quem aí se interessaria por um desses?

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: