Qualcomm processa fornecedoras da Apple por quebra de contrato

Toda semana vemos pipocar um novo capítulo da briga entre Apple e Qualcomm. O mais novo dessa história tem a fabricante de chips como protagonista, já que a empresa resolveu processar quatro fornecedoras da Maçã por quebra de contrato.

Conforme já explicamos, a Apple parou de pagar os devidos royalties às suas fornecedoras — que por sua vez deixaram de repassar os valores para a Qualcomm — até que todo esse imbróglio judicial seja devidamente resolvido. Como ninguém gosta de perder dinheiro, a empresa de San Diego não ficou de braços cruzados e tratou de incluir a Foxconn, a Pegatron, a Wistron e a Compal Electronics na briga.

Confusão

Em um comunicado, a Qualcomm afirmou que “embora [as fornecedoras] não contestem suas obrigações contratuais de pagar pelo uso das invenções da Qualcomm, os fabricantes dizem que devem seguir as instruções da Apple de não pagar”.

A fabricante de chips solicitou uma ordem que exigiria às fabricantes o cumprimento das suas antigas obrigações contratuais com a empresa, bem como indenizações declaratórias e danos.

Além da briga com a Apple, a Qualcomm está enfrentando também a Federal Trade Commission (que conta com a ajuda da Samsung e da Intel) nos tribunais americanos.

via Reuters

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes