Apple doará parte das vendas da pulseira da diversidade a grupos pró-LGBTQ

Após a keynote de abertura da Worldwide Developers Conference (WWDC) 2017, em 5 de junho, a Apple lançou algumas pulseiras novas para o Apple Watch. Dentre elas, a pulseira da diversidade, que foi distribuída anteriormente a um seleto grupo de empregados da Maçã durante a Parada do Orgulho de San Francisco, em 2016.

Pois agora, conforme notou o usuário N-Code do Reddit, a empresa atualizou a página de venda da pulseira informando que doará parte do valor arrecadado com as vendas a organizações de advocacia LGBTQ. Diz a descrição:

Pulseira da diversidade de trama de nylon para caixa de 38mm

A Apple se orgulha em apoiar as organizações de advocacia LGBTQ que trabalham para promover mudanças positivas, incluindo GLSEN, Campanha de Direitos Humanos, PFLAG e O Projeto Trevor nos EUA, e ILGA internacionalmente. Uma parte dos resultados das vendas da pulseira da diversidade beneficiará os seus importantes esforços.

Curiosamente, a página brasileira da pulseira ainda não foi atualizada com o anúncio do apoio às instituições.

Essa ação se junta a outra campanha apoiada pela Apple, a (PRODUCT)RED, que há anos vende itens na cor vermelha — dentre eles os iPhones 7/7 Plus — a fim de arrecadar fundos para programas de combate ao HIV/à AIDS.

A pulseira da diversidade de trama de nylon custa os mesmos R$299 (ou US$49, nos EUA) cobrado pelas outras pulseiras que utilizam o o mesmo material.

via MacRumors

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes