Supostas dimensões dos “iPhones 7s” apontam para tamanho ligeiramente maior, mas protuberância da câmera mais discreta

Quando a Apple anunciou o iPhone 4s basicamente idêntico ao iPhone 4, nós reclamamos. Quando a Apple anunciou o iPhone 5s quase igual ao iPhone 5, nós chiamos. Quando a Apple anunciou o iPhone 6s, praticamente um clone do iPhone 6, nós já estávamos acostumados.

Agora, um ano após o lançamento do iPhone 7, a Apple está preparando os motores para anunciar um smartphone totalmente inédito e caro, que, até segunda ordem, chama-se “iPhone 8“. Junto dele, se todas as previsões até o momento estiverem corretas, virão os prováveis “iPhone 7s” e “7s Plus” para ocuparem as faixas de preço dos dispositivos atualmente à venda. Diria a lógica, e o costume, que estes aparelhos seriam basicamente idênticos aos que temos hoje, certo?

Bom… ao que tudo indica, não: vazamentos publicados anteriormente apontam que esta será uma geração “s” com uma mudança relativamente radical no design em relação à antecessora — especificamente, sairá de cena o característico alumínio para dar lugar a uma traseira de vidro, supostamente colocada ali para permitir o novo e aguardado recurso de carregamento sem fio. E, aparentemente, nem ao menos os tamanhos dos novos dispositivos será totalmente igual aos dos iPhones 7/7 Plus.

Quem apresenta esta informação é o blog alemão Giga.de, que afirma ter recebido de fontes confiáveis um documento com as dimensões exatas do “iPhone 7s”. Se os números estiverem corretos, veremos um dispositivo ligeiramente maior do que o iPhone 7 em todas as dimensões:

Segundo o site, não há uma explicação clara para o ligeiro aumento na altura e na largura do novo dispositivo, mas a espessura cresceu em alguns décimos de milímetro justamente por conta da traseira de vidro. Entretanto, nem tudo crescerá neste novo iPhone: também de acordo com o documento recebido, a protuberância da câmera será mais discreta no vindouro aparelho — se, no iPhone 7, o componente se projeta 1,08mm em relação ao corpo do dispositivo, no “iPhone 7s” este ressalto será de apenas 0,71mm. Ainda está lá, mas é mais tolerável.

Não há informações em relação ao tamanho do provável “iPhone 7s Plus”, mas não seria imprudente apostar que o irmão maior da família também irá passar a vestir um número ligeiramente maior na nova geração. Falando em “vestir”, aliás, esta é a maior dúvida acerca da mudança de tamanho: será que a mínima variação fará com que todas as cases para iPhones 7/7 Plus não sirvam nos novos dispositivos? Bom, isso só o tempo dirá.

·   •   ·

Esta não é mais uma edição das já célebres delações do HomePod, já que o desenvolvedor (e desbravador) Guilherme Rambo resolveu focar suas atenções, desta vez, na mais recente beta do iOS liberada pela Apple. Ainda assim, mais algumas descobertas interessantes foram encontradas no novo sistema. Confiramos-as a seguir:

Identificadores dos novos iPhones

Como bem se sabe, cada geração de produto da Apple é identificada por um número e subdividida com outros algarismos após uma vírgula — os iPhones 7 e 7 Plus, por exemplo, têm os códigos iPhone9,1, iPhone9,2, iPhone9,3 e iPhone9,4. Quanto a isso, Rambo encontrou, nas entranhas da nova versão do iOS, oito identificadores relativos às próximas gerações do smartphone da Maçã:

Eu encontrei vários novos identificadores de dispositivos na versão do iOS 11 lançada ontem.

Não se sabe exatamente quais dispositivos referem-se a cada um destes códigos, mas outro trecho do sistema pode dar uma dica interessante:

Interessante, parece que a tela de configuração vai utilizar a imagem do iPhone 7 no iPhone10,1. Provavelmente isso significa que este será o “7s”, então…

O que isso tudo significa na prática? Absolutamente nada, tirando a confirmação de que realmente veremos novos iPhones muito em breve (e alguém não sabia disso?). Mas é sempre bom ficar a par das mais recentes descobertas, não é mesmo?

True Tone no iPhone… e no iPod?

Este pedaço de código diz muita coisa:

Basicamente, são três linhas afirmando que o “iPad/iPhone/iPod adapta-se automaticamente às condições de iluminação do ambiente”, o que soa muito parecido com a descrição da tecnologia True Tone. O iPad Pro já conta com o (muito elogiado) recurso há algum tempo, mas o iPhone ainda está para recebê-lo — francamente, seria surpreendente se isso não acontecesse já na próxima geração, e os códigos acima parecem confirmar isso.

Já a terceira linha, referente ao iPod, é mais estranha. Todos sabemos que os tocadores de música da Maçã estão quase totalmente abandonados e o último cavaleiro em pé é o iPod touch; nada indica, entretanto, uma atualização para este dispositivo num futuro próximo. Será que veremos um novo aparelhinho com especificações atualizadas e uma tela True Tone em breve? Que comecem as especulações.

via iClarified

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes