Facebook lança Messenger Kids para crianças com menos de 13 anos se conectarem com familiares e amigos sob o controle dos pais

Historicamente, o Facebook tem uma política severa de não permitir menores de 13 anos dentro dos seus terrenos — o que é, a meu ver, uma decisão completamente acertada em se tratando de um dos serviços mais infestados de conteúdo controverso e maus elementos de todos os tipos. Agora, entretanto, a gigante de Mark Zuckerberg está abrindo a primeira exceção à regra com o lançamento do Messenger Kids.


Ícone do app Messenger Kids

Messenger Kids

de Facebook, Inc.

Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 74.0 (239.7 MB)
Requer o iOS 9.0 ou superior
🇺🇸 Indisponível na App Store brasileira!

Grátis

Badge - Baixar na App Store

Código QR Código QR

Screenshot do app Messenger KidsScreenshot do app Messenger KidsScreenshot do app Messenger KidsScreenshot do app Messenger KidsScreenshot do app Messenger KidsScreenshot do app Messenger KidsScreenshot do app Messenger Kids

O novo aplicativo da empresa de Menlo Park está sendo disponibilizado hoje, em fase prévia nos Estados Unidos, e será progressivamente lançado no resto do mundo. Ele é uma forma de conectar crianças de todas as idades com os seus amigos e parentes, sempre por meio das contas dos seus pais — que podem, obviamente, controlar todas as ações da criança online, ver com quem elas estão conversando e bloquear determinados contatos.

Os pequenos não precisarão (aliás, nem podem) criar uma conta no Facebook para utilizar o aplicativo; são os pais que devem ter um perfil na rede social e, a partir dele, criarão uma “subconta” da criança fornecendo apenas o seu nome e sobrenome e, opcionalmente, uma foto de perfil. O infante usuário, então, poderá conversar — por texto ou videoconferência, individualmente ou em grupos — com parentes e contatos dos seus pais previamente autorizados; caso a criança queira conversar com um amiguinho da mesma idade, os pais de ambas terão de ser amigos na rede para que elas possam se conectar.

Os pais, então, terão total controle sobre as atividades do filho na rede. Eles deverão aprovar cada perfil que queira entrar em contato com a criança, podendo bloquear contas que julguem suspeitas. Se os pequenos realizarem alguma ação do tipo, como um bloqueio, os pais serão imediatamente avisados. Segundo o Facebook, o app foi desenvolvido em parceria com a NPTA (National Parent Teacher Association, ou Associação de Pais e Professores dos EUA), não traz propagandas e tem conteúdos, como adesivos e máscaras, desenhados especialmente para o ambiente infantil.

O Messenger Kids, pensado para crianças de 6 a 12 anos, já está disponível gratuitamente na App Store americana e chegará ao Android nas próximas semanas. A expansão global virá em seguida.

via Cult of Mac

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes