iMac Pro deve ser conectado a um segundo computador caso precise ser restaurado

O iMac Pro é uma máquina e tanto. Já mostramos aqui que se trata de uma besta no quesito processamento e o quão seguro ele é por conta da utilização de um chip proprietário, o T2.

Tudo no mundo, porém, tem dois lados, duas histórias. Não dá, por exemplo, para ele ter todas essas especificações num corpanzil enxuto como o de um iMac e ser totalmente modular. É inviável — até por isso, a Apple fez questão de reforçar no comunicado para a imprensa sobre o iMac Pro que ainda está trabalhando num Mac Pro totalmente modular e num monitor profissional para quem precisa de uma máquina dessas.

Da mesma forma, parece que não dá para ter um chip focado em segurança, como o T2, sem perder algumas praticidades. Nós já entramos nos detalhes do T2 neste artigo, mas a própria Apple tratou de explicar o que ele faz na página oficial do iMac Pro:

T2. Integração e segurança melhoradas.

Apresentamos o chip T2 da Apple, a segunda geração do chip criado exclusivamente para o Mac. Ele abre novas possibilidades para o iMac Pro, pois combina controladores de outros sistemas Mac — como o Controlador de Gestão do Sistema (SMC), o ISP da câmera, o controlador de áudio e o controlador de SSD. Isso permite, por exemplo, que o processador de sinal de imagem do T2 trabalhe com a câmera FaceTime HD para oferecer mapeamento de tons avançado, melhor controle de exposição e balanço de brancos automático com base na detecção de rostos. O chip T2 também tem um coprocessador Secure Enclave, que serve como base para os novos recursos de inicialização segura e armazenamento criptografado, protegendo ainda mais o iMac Pro. Com ele, os dados são criptografados no SSD com um hardware AES exclusivo, que não afeta o desempenho do disco e que deixa o processador Intel Xeon livre para trabalhar somente nas tarefas necessárias. Já a inicialização segura evita adulterações dos níveis mais baixos do software e garante que, quando você inicia o computador, somente sistemas operacionais autorizados pela Apple possam ser carregados.

Todos esses benefícios, principalmente os ligados a segurança, têm o seu preço. A prova é que, se o iMac Pro congelar no meio de uma atualização de software (vai que você está lá, no meio do processo, e falta luz… é uma possibilidade), você necessariamente terá que conectá-lo a um outro Mac (devidamente equipado com o macOS High Sierra e com o software Apple Configurator 2) por um cabo Thunderbolt ou USB-C (você pode usar adaptadores, se quiser) para poder desfazer a lambança.

Chato, né? Afinal, pouca gente tem dois Macs assim disponíveis para isso — talvez seja necessário recorrer a algum amigo/parente ou a algum Mac da empresa. Mas continuando a explicação do processo, nesse Mac secundário, é preciso então fechar o iTunes (se estiver aberto), abrir o Apple Configurator 2 e, depois, conectar o tal cabo. Aí, no iMac Pro, é preciso tirar o cabo de energia para depois conectar o cabo Thunderbolt nele (aquela porta ali ao lado da Ethernet).

Porta Thunderbolt ao lado da Ethernet, no iMac Pro

O próximo passo envolve manter pressionado o botão liga/desliga do iMac Pro enquanto conecta o cabo de energia. Ele deve ser pressionado por cerca de três segundos após o cabo de energia ser plugado. É bom notar que você *não* verá nada acontecendo no iMac Pro.

Feito isso, vá para o Mac com o Apple Configurator 2 aberto e escolha o dispositivo iBridge em questão. Depois, escolha a opção Ação » Restaurar (Action » Restore).

Apple Configurator 2 usado para reiniciar um iMac Pro congelado

Aguarde até que o processo seja concluído — um logotipo da Apple aparecerá e desaparecerá durante esse processo. Uma vez concluído, o iMac Pro será finalmente reiniciado. Ah, e se por um caso você estiver no meio do processo e faltar luz novamente (vai que…), tudo terá que ser refeito. 😭

O processo está todo descrito numa página de ajuda do Apple Configurator 2, que foi destacada pelo MacRumors.

Tirando a necessidade do Apple Configurator 2, o processo é parecido com um iPhone ou iPad que precisa necessariamente se conectar a um Mac/PC para ser restaurado quando está congelado ou algo assim. Sem dúvida nenhuma, isso dará um certo trabalho para algumas pessoas que não têm a disposição um segundo Mac e terão que necessariamente levar a máquina a uma assistência ou loja da Apple. Faz parte…

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes