Plex lança seu projeto de player de músicas para macOS e Windows com o Plexamp

Há alguns meses, a equipe do Plex — o famoso media player que permite aos usuários montar uma biblioteca própria de conteúdo num servidor e tocá-la em qualquer lugar com o Plex Pass — criou uma nova divisão chamada Plex Labs, dedicada a construir “projetos paralelos” sem muita ligação com o principal produto da empresa, mas ainda assim com a possibilidade de facilitar a vida dos usuários e aprimorar a experiência de uso da plataforma.

Hoje, o primeiro fruto deste laboratório está chegando aos usuários de macOS e Windows, e o seu nome é Plexamp. A ideia por trás do software — evidenciada pelo seu nome, que homenageia o velho tocador Winamp — é trazer uma interface simples, bonita e minimalista para os usuários tocarem as suas músicas (de qualquer formato, segundo seus criadores) salvas na plataforma.

Plexamp

O pequeno tocador traz um visual simples que se adapta à arte do álbum em reprodução no momento, com botões contextuais que aparecem apenas quando você quer utilizá-los e uma ferramenta de busca que é a única forma de chegar às suas músicas — não há aqui, em nome da simplicidade, uma lista com todas as suas faixas ou artistas ou álbuns, o que pode ser uma falta grave para alguns usuários.

Apesar disso, o Plexamp traz vários recursos modernos e essenciais para um tocador, como suporte a reprodução contínua, transições suaves, visualização das ondas sonoras e muito mais. Por ser um app nativo, ele suporta as teclas de controle de mídia dos Macs e também pode tocar músicas offline no computador.

O Plexamp é compatível com o OS X Mavericks 10.9 e superiores, com o Windows 7 e superiores, e pode ser baixado gratuitamente aqui. Usuários da plataforma, curtiram a novidade?

via TechCrunch

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes