Vendas de iPhones X ultrapassaram as dos modelos 8 e 8 Plus em seu primeiro mês

Este ano, a Apple trouxe algo novo à sua linha de aparelhos ao lançar três novos smartphones: o iPhone 8 e o 8 Plus, que foram basicamente os coadjuvantes, e o tão esperado iPhone X.

Tendo os dois primeiros sido lançados com um mês e alguns dias de antecedência, muitas pesquisas e especulações afirmaram que suas vendas estavam fracas e que um dos fatores para isso seria a espera pelo X. Como já se passou um mês desde o lançamento do aparelho que comemora o décimo aniversário do iPhone, nada mais justo que comparar os números de vendas dos três, agora, ainda que não oficialmente.

A Consumer Intelligence Research Partners (CIRP) fez uma pesquisa analisando os 30 primeiros dias após o lançamento dos aparelhos. Como pode ser visto na imagem abaixo, no primeiro mês do iPhone X, ele conseguiu obter 30% das vendas nesse período. Em seu primeiro mês, o iPhone 8 conseguiu 23%, o iPhone 8 Plus chegou a 17%; juntos, totalizaram 40%.

Se a porcentagem do novos aparelhos parece pequena, basta juntarmos os três aparelhos lançados este ano para vermos que eles representam 70% das vendas, o que é exatamente o mesmo número que os iPhones 7 e 7 Plus conseguiram no ano passado. A parte mais intrigante, porém, é que mesmo já tendo um ano do lançamento desses aparelhos, os dois continuam firmes e fortes, representando 20% das vendas totais dos aparelhos da Maçã.

CIRP iPhone X nos 30 primeiros dias

Ao lançar três smartphones este ano, a Apple fez com que ficasse um pouco mais difícil de comparar as vendas, já que ela nunca havia feito isso antes. Ainda assim, a CIRP afirmou que esperava mais do iPhone X devido à grande publicidade feita em volta dele.

É difícil dizer se o iPhone X atendeu, superou ou frustrou as expectativas, já que a Apple nunca lançou um telefone dessa maneira antes. Com base na grande publicidade, suspeitamos de algum desapontamento, com o iPhone X representando menos de um terço das vendas unitárias dos EUA imediatamente após o lançamento. É claro que as limitações nos estoques podem ter diminuído as vendas, embora agora os estoques pareçam abundantes.

Josh Lowitz, parceiro e cofundador da CIRP.

Além disso, a CIRP chegou a afirmar que, talvez, muitos consumidores esperaram o lançamento do X para decidir qual dos aparelhos atendia às suas demandas e, por fim, muitos chegaram à conclusão de que os modelos mais simples/baratos (seja o 8 ou o 8 Plus) os satisfariam.

Como sempre, precisaremos esperar os resultados financeiros com os números oficiais da Apple, que provavelmente serão divulgados somente no final de janeiro, antes de tirarmos qualquer conclusão. Ainda assim, vale lembrar que ela não divulga números de vendas separados por modelos — apenas o total de iPhones comercializados no período.

via 9to5Mac

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes