Desmontagem do iMac Pro revela a dificuldade para acessar sua RAM, porém abre potencial para mais upgrades

Embora o iMac Pro continue sendo um Mac tudo-em-um (all-in-one), selado, recentemente noticiamos que a sua RAM poderá ser atualizada em Apple Stores e Centros de Serviço Autorizados. E agora sabemos bem o porquê disso.

A iFixit ainda não pôs as mãos na máquina para fazer o seu tradicional teardown, então quem saiu na frente foi a Other World Computing (OWC), que vende kits de upgrades para Macs de todos os tipos.

Antes de mais nada, eis o vídeo de unboxing feito por eles:

E aqui, sim, o da desmontagem propriamente dita:

A complexidade de upgrades em iMacs já começa no primeiro passo, que é o de tirar a sua tela da frente. Para isso, é preciso cuidadosamente remover um adesivo que percorre toda a lateral do vidro e, depois, usar ventosas para suspendê-lo com todo o cuidado do mundo para não trincar nada.

Lá dentro, aí o processo é mais de análise e paciência para desconectar os cabos necessários e ir tirando os parafusos pouco a pouco. A magia toda está do outro lado da placa lógica, onde encontram-se os quatro slots DIMM de memória DDR4 2.666MHz. O modelo de entrada, com 32GB, vem com quatro pentes de 8GB cada.

Mas esse teardown mostra claramente que talvez não seja só a RAM que pode vir a ser atualizada, no futuro. A Apple utiliza ali dois SSDs de 512GB em RAID para formar um drive de 1TB, também facilmente acessíveis, e até a CPU, embora colada, tem chances de poder ser substituída.

A OWC já anunciou que oferecerá um serviço de upgrade de RAM para o iMac Pro (64GB e 128GB), muito provavelmente com preços bem menores que os cobrados oficialmente pela Apple.

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes