Melhorias no ARKit 1.5 incluem mapeamento horizontal, melhor reconhecimento de formas irregulares e mais!

Juntos de outras novidades introduzidas hoje na primeira versão beta do iOS 11.3, temos o ARKit 1.5. E as notícias são boas para quem está apostando nessa tecnologia.

Até então, conforme o TechCrunch explicou, o ARKit vinha se concentrando em oferecer detecção de plano horizontal, permitindo aos desenvolvedores saber onde fica o chão (para orientar ou colocar objetos no espaço 3D). Funciona bem? Sem dúvida, mas isso não permite um reconhecimento espacial 3D completo de um determinado campo, já que esse plano horizontal essencialmente ignora paredes ou outras superfícies verticais.

Agora, isso mudou: a nova versão do ARKit pode reconhecer superfícies verticais e permite que coloquemos objetos nessas superfícies. Ou seja, podemos definir essas superfícies em conjunto às horizontais. Uma ideia real do que pode vir por aí é um jogo de dardos que lhe permite jogar com o alvo montado em uma parede real em vez de ele ficar simplesmente flutuando no espaço. Nesse começo, porém, o ARKit 1.5 não conseguirá detectar planos verticais angulados.

A versão 1.5 também melhorou o ARKit em diversos sentidos, como melhor reconhecimento de objetos com formas irregulares (mesas ou cadeiras circulares), detecção de linha, rastreamento geral mais veloz e preciso, entre outras coisas. O ARKit 1.5 também exibirá o “mundo real” em 1080p em vez de 720p — assim, o contraste na qualidade entre o objeto projetado e o mundo real ficará menos pior na tela do seu iPhone.

Outra novidade é que, se houver imagens 2D na cena, o ARKit agora pode analisar essas imagens e permitir que desenvolvedores mapeiem a posição física de objetos em um espaço ou em uma superfície. Imagine, então, um pôster colado numa parede. Isso permitiria a colocação de objetos relacionados nas proximidades (texto flutuante, disparadores de áudio, etc.) — algo bem interessante para museus, exposições, entre outras coisas.

Atualmente, existem cerca de 2.000 aplicativos de AR na App Store e esse número tende a crescer. Ainda assim, o que vale aqui não é a quantidade de apps disponíveis que utilizam a tecnologia, e sim a ótima experiência que desenvolvedores podem oferecer com o ARKit — especialmente agora, com a versão 1.5. Quem venham boas novidades!

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes