Apple continua reinando sozinha no mercado de tablets, mas a concorrência está se fortalecendo

A Apple pode ter perdido a liderança do mundo dos smartphones há muito tempo, mas no dos tablets, como bem sabemos, a história é bem diferente — o que é até esperado, considerando que o Google já jogou a toalha da tentativa de equiparar o Android ao iOS nos dispositivos de tela grande.

Agora, um novo levantamento da International Data Corporation vem para traduzir essa liderança em números.

IDC: vendas de tablets durante 2017

Levando em conta todo o ano de 2017, a Apple foi a líder imbatível do segmento, com 43,8 milhões de iPads despachados — um crescimento de 3% em relação a 2016, quando esse número ficou em 42,6 milhões. A Samsung (24,9 milhões de tablets despachados em 2017) e a Amazon (16,7 milhões), segundo e terceiro lugares respectivamente, não conseguiram superar a Maçã nem ao menos com suas vendas combinadas, mas a gigante de Jeff Bezos vem numa crescente interessante: deu um salto de 38% em vendas em relação a 2016 e já usurpou o segundo lugar da sul-coreana no último trimestre do ano.

Sobre a Maçã, a IDC comentou:

A Apple manteve uma liderança sólida no trimestre natalino, conquistando crescimento tanto com o seu novo e mais barato iPad de 9,7 polegadas quanto pela nova linha de iPads Pro. Enquanto o iPad mais barato continua a estimular um ciclo de upgrades por parte dos consumidores, o foco cada vez mais vai para o iPad Pro e seu potencial nos mercados de comércio e educação. Como estes são os únicos segmentos em que é esperado um crescimento dos tablets, o lançamento do programa “Apple at Work” mostra a dedicação da Apple em manter sua posição de liderança.

A firma também diz que o momento é dos tablets destacáveis, com teclados ou complementos que os transformam em substitutos dos computadores — como o iPad Pro ou o Surface Pro; a ausência da Microsoft no ranking, aliás, explica-se pelo atraso do novo Surface, que fez os atuais modelos ficarem nas prateleiras enquanto os consumidores esperam por notícias. Os tablets tradicionais, como o iPad de 9,7″, mostram uma certa estagnação no mercado, indicando uma crescente falta de interesse por eles por parte dos consumidores.

Agora, com os rumores de novos iPads chegando até o fim do ano, o jogo continua. Será que a Apple continuará reinando sozinha no segmento ou ela tem que se preocupar com a concorrência (especialmente a Amazon)?

via Cult of Mac

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes