Idas e vindas de Cupertino: engenheiro cobiçado e ex-Sony Pictures Television entram para a equipe da Apple

Sendo uma das maiores empresas do mundo, com mais de 84 mil empregados, é comum vermos alguns importantes executivos chegando e outros saindo de Cupertino. Pois foi o que aconteceu nessas últimas semanas.

Engenheiro cobiçado

Imagine uma pessoa que trabalhou como vice-presidente de engenharia do Twitter, foi líder de equipe da plataforma de nuvem Azure da Microsoft e vice-presidente sênior de aplicativos e serviços da Palm, ajudando a criar o webOS. Um currículo e tanto, não é mesmo? Pois toda essa experiência parece ter seduzido a Apple, que contratou Michael Abbott para desempenhar um papel não-especificado, segundo informou o MacGeneration [Google Tradutor].

Michael Abbott

Abbott atuava como investidor na Kleiner Perkins Caufield & Byers, apostando em inúmeras empresas que estavam iniciando seus negócios — como por exemplo, Snapchat. Em uma publicação no seu blog pessoal, contudo, ele explicou que se afastaria desse trabalho de investidor “nos próximos dois meses” a fim de se concentrar na sua paixão (engenharia) novamente.

Chefe de programação de vídeo para a América Latina

Angélica Guerra é a mais nova contratação da Apple para a empreitada de vídeo da empresa — ela chega com a incumbência de ser chefe de programação de vídeo para a América Latina, conforme informou a Variety.

Angelica Guerra

Ex-Sony Pictures Television, Guerra atuava como vice-presidente sênior e diretora-gerente de produção da América Latina e dos EUA. Nessa função, supervisionou o negócio de produção da empresa em toda a região, incluindo Colômbia, México e o nosso querido Brasil.

Na Apple, ela responderá a Morgan Wandell, chefe de desenvolvimento criativo internacional da Apple (que também chegou recentemente à empresa). Durante o seu tempo na Sony, Guerra supervisionou as séries primetime originais para os mercados latino-americanos e hispânicos dos EUA, incluindo “Mary Magdalene”, “El Comandante”, “Rosario Tijeras”, “Lady, Bloque de Busqueda” e “Metastasis” (acredite: uma adaptação no idioma espanhol da série de sucesso “Breaking Bad”).

Ex-Apple comandando o Museu da História da Computação

Muitos aqui no site — especialmente *todos* que já viajaram conosco no MM Tour — conhecem o Museu da História da Computação (Computer History Museum) de Mountain View. Pois ele agora será comandado por um ex-Apple.

Dan'l Lewis

Dan’l Lewin foi um dos melhores amigos de Steve Jobs nos primórdios da Apple e atuou em vários cargos de marketing de 1981 a 1985, quando foi recrutado por Jobs para se juntar à sua nova empresa, a NeXT, depois de sair da Apple.

Segundo o comunicado do CHM, Lewin desempenhará o papel de CEO e presidente do museu, sendo responsável pela nova fase de crescimento que inclui a expansão dos esforços de interpretação, criação de conteúdo e mídia para alcançar/impactar audiências globais. Ele também desenvolverá e direcionará a estratégia, a captação de recursos e as operações em andamento, incluindo as do Centro Exponencial (dedicado a empreendedorismo e inovação) e ao Centro de História do Software.

via MacRumors, Apple World Today, Cult of Mac

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes