Conceito para o iOS 12 traz recursos há muito solicitados como um Modo Escuro, novo controle de volume e notificações em grupo


Parece que, a cada semana, pipoca na internet um novo conceito do iOS 12 com recursos que pedimos para o sistema operacional móvel da Maçã há eras — o que é, no mínimo, um atestado da vontade dos usuários de ver a plataforma avançando e ganhando funcionalidades que já são vistas no outro lado do muro.

Claro que é impossível — e insensato — cobrir todos esses conceitos, mas às vezes pinta por aí uma ou outra ideia que chama a nossa atenção e merece um espaço aqui no site. É o caso deste novo trabalho dos designers do iOS News And More.

O iOS 12 imaginado pela equipe já começa logo de cara diferente, com uma tela de bloqueio mais funcional: bastaria deslizar o dedo para baixo da câmera frontal para obter informações do tempo. O Face ID, na ideia da equipe, poderia desbloquear o iPhone automaticamente, em vez de exigir uma deslizada na tela. Já as notificações seriam agrupadas por app (como já virou padrão nos conceitos).

Chamadas recebidas surgiriam na tela de forma mais discreta, na parte superior da interface. Além disso, um novo recurso chamado Notification Dots (Pontos de Notificação) exibiria pontinhos coloridos (de acordo com o app) na tela desligada para avisar do recebimento de notificações.

A tela inicial ficaria mais limpa, com todos os nomes de aplicativos removidos (o que, na opinião desse que vos escreve, pode ser até mais agradável visualmente, mas compromete bastante a usabilidade). O controle de som também ficaria bem mais elegante com um novo elemento batizado de Sound Bar (barra de som), que surgiria no topo da interface ao pressionar os botões de volume (com um aproveitamento muito bom do recorte frontal).

Temos aqui também novos recursos: o Guest Mode (Modo Convidado) destacaria os aplicativos aos quais os usuários teriam acesso; enquanto isso, o Face ID poderia ser utilizado para bloquear aplicativos individuais.

O relógio ganharia suporte a múltiplos temporizadores e, na App Store, teríamos a volta da famigerada Lista de Desejos. O iPhone também ganharia suporte ao modo Split View (Tela Dividida), herdado do iPad.

O Safari receberia um discreto banho de loja, com a barra de URL/pesquisa movida para a parte inferior da interface e uma série de ícones de acesso rápido no topo; a Siri ficaria mais inteligente, mais rápida e com um modo offline. O aplicativo Câmera também receberia novidades, como acesso mais fácil aos ajustes e a possibilidade de pausar a gravação de vídeos; o FaceTime, por sua vez, seria ainda mais profundamente renovado, com suporte a chamadas com até quatro pessoas por vez.

Outro arroz de festa dos conceitos para o iOS 12 está presente aqui: um modo escuro que traria uma interface quase totalmente preta, mais suave aos olhos e, ao menos nessa apresentação preliminar, bastante elegante. A equipe também aproveitou para pegar uma ideia da Samsung e criar o App Bar (Barra de Aplicativos), um carrossel de aplicativos acessíveis em qualquer tela pressionando e arrastando a tela a partir da sua extremidade direita.

A equipe de designers admite que, provavelmente, poucas dessas novidades chegarão de fato ao iOS 12 — já é certo que a nova versão do sistema operacional móvel da Maçã focar-se-á muito mais em melhorias de estabilidade e correções de bugs do que na introdução de novos recursos e maquiagem. Ainda assim, é divertido imaginar o que poderia tornar-se verdade das ideias apresentadas… o que vocês acham?

via iClarified

Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.

Posts recomendados

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: