Apple é considerada a marca com ligação mais “íntima” entre usuários americanos


Acredite se quiser. No mar de rankings que vemos por aí, existe um para medir o quão usuários se sentem “conectados emocionalmente” — ou seja, “de forma íntima” — com marcas específicas.

Chamado de “Brand Intimacy” e realizado pela MBLM, a lista de 2018 acaba de ser divulgada — com a Apple em primeiro lugar tanto no geral quanto entre os mais novos (millennials).

Eis o ranking geral (EUA):

Ranking das "marcas mais íntimas"

Apesar de uma pesquisa para analisar o fator emocional parecer algo bastante subjetivo, existe por trás dela uma metodologia quantitativa, que analisou respostas de 6.000 consumidores, 54.000 avaliações das marcas em 15 indústrias diferentes nos Estados Unidos, no México e nos Emirados Árabes Unidos, filtrando os resultados por gênero, idade e renda.

A Maçã, então, ficou no topo no geral e quando se tratou de uma relação íntima com seus usuários mais jovens — os chamados “geração Y” ou “geração do milênio” —, que têm entre 18 a 24 anos, nos EUA. Logo em seguida, quem chegou em segundo lugar foi a Disney, seguida pelo YouTube.

O relatório completo da pesquisa ainda sairá no dia 13 de março.

Mesmo sem fazermos uma pesquisa, é possível ver a crescente popularidade (principalmente) do iPhone entre os jovens até mesmo ao andarmos pelas ruas (talvez nos EUA, já que aqui não é tão aconselhável andar pelas ruas mexendo em celulares caros por motivos óbvios) ou em shoppings pelo Brasil. Não é? 😜

via Apple World Today

Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.

Posts recomendados

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: