Saiba como adquirir online o AppleCare+ para o seu iPhone recém-comprado [atualizado 2x]

Comprar um produto Apple com AppleCare+ é simples: basta entrar numa loja da empresa, comprar os dois juntos ou fazer isso online (colocando no carrinho o dispositivo junto da garantia estendida). Mas e adquirir um AppleCare+ depois que o produto já foi comprado? Vira e mexe algum leitor nos pergunta como fazer isso e aqui estamos nós, para sanar essa dúvida. 😊

AppleCare+

Antes, porém, vale explicar o que é esse bendito AppleCare+ para os que não sabem do que se trata.

O que é o AppleCare+?

Como dissemos acima, o AppleCare+ nada mais é do que a tradicional garantia estendida que empresas costumam oferecer junto à compra de um produto. No caso da Apple, ela funciona um pouco diferente do que estamos acostumados a ver por aí.

Vamos pegar o iPhone como exemplo, já que ele é o carro-chefe da empresa. Todo iPhone vem com um ano de cobertura de reparo de hardware por conta da garantia limitada e até 90 dias de suporte complementar gratuito (suporte por telefone para problemas de hardware e software). O AppleCare+ amplia a sua cobertura para dois anos a partir da data de compra original do seu iPhone, assim como também amplia o suporte complementar gratuito (por telefone) para os mesmos dois anos.

Isso, por si só, já é bem legal. Mas o AppleCare+ vai além: com ele, você tem direito a cobertura de danos acidentais, cada um sujeito a uma taxa de serviço (nos EUA) de US$29 para danos à tela ou de US$99 por qualquer outro dano. Resumindo: se você deixar o seu iPhone cair e ele se espatifar, você tem direito a ir numa loja da Apple e trocar a tela ou o aparelho todo pagando as devidas taxas. Dentro dos dois anos de garantia, você tem direito a até duas trocas dessas.

AppleCare+ (iPhones e Apple Watches) no Brasil

Aqui no Brasil, a Apple comercializa o AppleCare para Macs, iPads, iPods e Apple TVs. Reparou a diferença? Não temos o “plus” no nome, o que significa que, por aqui, o AppleCare não conta com esse suporte a danos acidentais.

Além disso, os mais atentos perceberam que iPhones e Apple Watches estão de fora — há muito tempo comenta-se a possibilidade de ele ser lançado por aqui, mas nada até agora.

Ainda assim, se você adquirir o AppleCare+ para o seu iPhone ou o seu Apple Watch lá fora, as lojas e os Centros de Serviços Autorizados Apple brasileiros prestam a devida assistência. Ou seja, se você comprou um iPhone ou um Apple Watch com AppleCare+ e ele se esborrachar no chão, pode ir numa loja da Maçã ou num CSAA que o seu problema será resolvido.

Aviso importante!

Você tem um prazo-limite de 60 dias após a compra do produto para adquirir o AppleCare+. Na verdade, esse prazo funciona de forma diferente para compras online (para quem comprou um produto Apple pela loja online da empresa) e físicas, de acordo com um representante da Maçã consultado pelo MacMagazine.

Para compras online, o prazo começa a valer a partir do dia da compra do aparelho. Se você comprou online e mandou entregar o seu iPhone no hotel do seu amigo e ele só lhe entregou o produto 20 dias depois da compra, você terá então “apenas” 40 dias para comprar o AppleCare+.

Para compras nas lojas físicas, o prazo é a partir da ativação do aparelho. Então, usando o cenário acima, mesmo que você tenha recebido o iPhone das mãos do seu amigo 20 dias após a compra, ainda terá 60 dias para adquirir a garantia estendida.

Independentemente do prazo, o ideal, se você está decidido a comprar o AppleCare+, é fazer isso o quanto antes para não correr riscos.

Como comprar o AppleCare+ nos Estados Unidos

Você tem duas formas de fazer isso: a primeira e a mais fácil de todas é aproveitar uma viagem e simplesmente ir numa loja da Apple com o seu aparelho em mãos. Depois de uma breve inspeção para ver se tudo está certo com o seu iPhone ou Apple Watch, você poderá adquirir o AppleCare+ sem nenhum problema.

Muitas vezes, porém, aproveitamos a viagem de um amigo ou de um familiar para comprar um produto Apple e acabamos nem pedindo/lembrando de adquirir o AppleCare+ junto dele. Nesse caso, já com o produto em mãos aqui no Brasil, você pode tentar comprar seguindo as dicas abaixo.

Entre nessa página, que verifica a cobertura do aparelho em questão. É importante notar que a página precisa necessariamente estar em inglês para que tudo funcione (afinal, o AppleCare+ não está à venda no Brasil e, se você estiver navegando no site brasileiro, ele não será oferecido). Para isso, vá até o fim da página, clique/toque na bandeira do Brasil (ou a que estiver aparecendo para você), escolha a região “Estados Unidos, Canadá e Porto Rico” e, depois, a opção “United States” (se quiser ver tudo em inglês) ou “Estados Unidos” (para espanhol).

Comprando o AppleCare+ para iPhone

Depois, digite o número de série do produto. Na página que se abre, logo abaixo de “Eligible for an AppleCare product” (“Elegível para um produto AppleCare”), aparecerá o link “Learn more and buy now” (“Saiba mais e compre agora”); clique/toque nele.

Comprando o AppleCare+ para iPhone

Nesse ponto, deixe a opção “United States” marcada na país de residência e clique/toque no botão “Buy” (“Comprar”). A página, então, solicitará as informações do seu ID Apple.

Comprando o AppleCare+ para iPhone

A depender do produto (iPhone e iPad, por exemplo), como você não está em uma loja e o vendedor da Apple não pode avaliar o seu iPhone presencialmente, você então terá que fazer um diagnóstico remoto para ver se ele está inteiro e apto mesmo a receber o AppleCare+. Basta colocar o seu telefone ou email para receber o link e seguir as instruções para rodar o teste no aparelho. Depois de concluído, volte para a página e clique/toque em “Start Check” (“Iniciar Checagem”); tudo se confirmando, clique/toque em “Buy” (“Comprar”).

Comprando o AppleCare+ para iPhone

Aceite os Termos e Condições clicando/tocando novamente em “Buy”.

Comprando o AppleCare+ para iPhone

Mesmo não tendo um endereço nos EUA, coloque o de algum amigo/parente que more lá ou até mesmo o de um hotel.

Comprando o AppleCare+ para iPhone

Anteriormente, bastava preencher os dados com um cartão de crédito internacional. Agora, aparentemente a Apple trocou o seu sistema de pagamento e exige que o cartão utilizado na transação seja emitido nos EUA.

Nós realizamos diversos testes com diferentes bandeiras de cartões (AMEX, Mastercard, Visa), tentamos fazer o pagamento pelo Apple Pay… e nada. Tentamos até mesmo realizar o pagamento pelo telefone, ligando para o número americano da Apple e passando as informações do cartão para o atendente — tudo sem sucesso.

Comprando o AppleCare+ para iPhone

Conforme relato de alguns leitores, só conseguimos efetuar o pagamento num único cenário: optando pelo AppleCare+ “parcelado” e pagando com um cartão de crédito Nubank. Alguns conseguiram usar outros cartões de crédito Mastercard — sempre optando pelo “plano parcelado”, mas não há como garantir. Vale notar ainda que, em alguns poucos casos, leitores que conseguiram comprar o AppleCare+ tiveram que mudar a data de vencimento do cartão para 2025 — o que mostra que se trata de uma algum tipo de brecha (temporária?) mesmo do sistema de pagamento da Apple.

Obviamente, se você tem uma conta bancária nos EUA com cartão de crédito ou tem um amigo/familiar que mora no país, pode muito bem usar um cartão americano para realizar o pagamento e não ter nenhuma dor de cabeça.

Por fim, alguns só tiveram sucesso na compra do AppleCare+ usando um ID Apple americano — nós, contudo, conseguirmos comprar usando usando um ID brasileiro.

Poucas horas depois, você deverá receber por email um comprovante da compra e o documento que comprova a ativação do AppleCare+ no seu produto. Uma forma simples de checar e confirmar se está tudo bem é visitar a mesma página que indiquei no começo do tutorial (agora não necessariamente precisa ser no idioma inglês) e ver se a garantia do produto está valendo por dois anos.

obrigado ao Alexandre Lourenço pela ajuda!

Atualização 21/12/2018 às 11:35

Alteramos o texto para refletir uma mudança no sistema de pagamento da Apple, o qual passou a impedir a utilização de cartões de crédito internacional para a compra do AppleCare+.

Atualização II 21/05/2019 às 11:45

Mudamos o texto para explicar como comprar o AppleCare+ utilizando o Nubank e a opção de compra “parcelada”.

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes