Confira algumas novidades do iOS 12 que a Apple não comentou na keynote de hoje

Oferecimento: Logo da Monetizze

Nós entendemos, Apple. É claro que você precisava tomar dez minutos da sua keynote apresentando detalhadamente todas as novidades do Animoji (e do Memoji) e, por conta disso, não houve tempo hábil para cobrir outras coisas relacionadas ao iOS 12.

Mas nada temam: nós estamos aqui para suprir essa lacuna. Portanto, vamos dar uma olhada a seguir em algumas coisas que a Apple não comentou sobre o iOS 12 na sua keynote, mas estão na nova versão do sistema — e sim, tem algumas novidades bem interessantes aí no meio.

Dois rostos no Face ID: donos do iPhone X finalmente poderão adicionar um outro rosto para desbloquear o aparelho, como mostra a tela de configuração do Face ID no iOS 12. O recurso certamente é algum tipo de antecipação à chegada do recurso ao iPad (onde faz muito mais sentido que múltiplos usuários tenham acesso ao aparelho), mas está debutando no iPhone — e certamente muitos usuários encontrarão um uso para a novidade. Ramona, chegou sua hora de brilhar… de novo.

Aparência Alternativa no Face ID do iOS 12

Imagem: Rodrigo Guimarães Goulart Assis

É bom notar que, por enquanto, não é possível excluir apenas um rosto do iPhone; para redefinir o Face ID, é necessário excluir todas as informações e registrá-las novamente.

Gestos no iPad: mais um indício de que podemos estar próximos à introdução de um “iPad X”(?) é que os tablets da Maçã ganharão gestos similares aos do iPhone X — basta deslizar para cima do Dock para voltar à tela inicial ou deslizar do canto superior direito para acessar diretamente a Central de Controle.

Aliás, a Apple já se adiantou, também, e moveu alguns dos itens da barra superior para as extremidades da tela (data/hora para a esquerda, Wi-Fi para a direita…), deixando o centro livre para um belíssimo notch.

iOS 12 no iPad

Melhores informações de bateria: agora, será possível checar o uso energético do seu aparelho relativo aos últimos dez dias, em vez de somente das últimas 24 horas. Mais dados sempre são uma boa ideia, não é mesmo?

Senhas fortes automáticas: o Safari vai criar e salvar senhas fortes automaticamente, bem como avisar ao usuário caso ele esteja repetindo uma senha já existente. Além disso, a nova API para gerenciadores de senhas permitirá uma integração ainda maior de serviços como o 1Password, que poderão colocar as senhas diretamente na barra de digitação rápida do sistema. Por fim, um novo recurso permitirá o compartilhamento de senhas entre dispositivos iOS próximos.

Ainda em relação ao Safari, o navegador trará um interessante recurso para auto-completar códigos temporários. Sabe quando você loga numa conta online e ela manda um SMS com um código para autenticação? O navegador poderá capturar automaticamente esse código e inseri-lo automaticamente no formulário — não precisa mais apostar corrida com a notificação para gravar os números ou sair do browser para lê-lo.

Volta do gesto para fechar apps no menu de multitarefa: é, podem comemorar. 😛 Não será mais preciso, antes, tocar e segurar para só depois deslizar para cima.

Animojis: além da infame detecção de língua, os bonequinhos animados da Apple também detectam piscadelas. E as gravações poderão, agora, ser de até 30 segundos — contra os 10 permitidos pelo iOS 11.

Suporte a RAW: os modelos do iPad Pro poderão editar o formato cru de imagem nativamente, enquanto os demais dispositivos iOS poderão visualizá-los e gerenciá-los (mas sem recursos de edição).

Criptografia no FaceTime: chamadas em dupla ou em grupo serão criptografadas ponta a ponta. É bom notar também que, ainda que a Apple não tenha comentado na keynote, chamadas em grupo também poderão ser realizadas somente por áudio.

Geolocalização de objetos AR: a nova versão do ARKit permitirá a desenvolvedores e artistas digitais que “fixem” uma criação em realidade virtual em algum lugar do planeta para ser vista por outros usuários, o que deve ser muito útil para a criação de obras de arte virtuais ou para o desenvolvimento de jogos digitais em grupo.

Favicons nas abas do Safari: os pequenos ícones que acompanham o título da página nas abas de quase todo navegador moderno nunca fizeram parte do Safari — até agora: a chegada dos favicons permitirá que os intrépidos usuários desse mundo louco da internet localizem suas dezenas de abas com mais facilidade. A mudança vale tanto para o iOS quanto para o macOS, é bom notar.

Favicons em abas do Safari no iOS 12

Bônus: tvOS

O sistema da Apple TV foi o mais escaneado do dia, com presença quase nula na keynote. Mas ao menos uma novidade não foi coberta pela Apple na apresentação: a possibilidade de auto-completar senhas diretamente pelo iPhone ou iPad que você esteja usando para controlar sua set-top box.

Para apps e sites que não estejam participando do Zero Sign-On, será uma mão na roda.

·   •   ·

Essas novidades, claro, são apenas alguns destaques que a própria Apple comentou em suas páginas oficiais ou já foram descobertos pelos primeiros desenvolvedores que colocaram as mãos no beta do iOS 12; com o tempo, uma avalanche de outros detalhes que passaram despercebidos — maiores ou menores — chegarão até nós.

Por aqui, naturalmente, ficaremos de olho em tudo, portanto prestem atenção em nossas futuras levas de screenshots. 🙂

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes