App Store continua gerando quase o dobro da receita do Google Play

App Store e Google Play travam, já há algum tempo, uma batalha ferrenha para ver quem se sobressai no mundo das lojas de aplicativos — e cada um tem as suas armas: a loja do Google tem um universo maior de aplicativos e usuários, enquanto a da Apple tem adeptos com maior disposição em gastar dinheiro. Essa dicotomia se perpetua a cada nova pesquisa realizada e continua a se reproduzir, segundo os dados mais recentes da Sensor Tower.

Levando em conta o primeiro semestre de 2018, as duas lojas combinadas geraram uma receita de US$34,4 bilhões, o que é uma boa notícia para todo mundo — comparando a quantia com aquela gerada no mesmo período no ano passado, é possível observar um crescimento saudável de 27,8%. Analisando as lojas separadamente, a App Store continua com uma receita quase duas vezes maior que a do Google Play, gerando US$22,6 bilhões na primeira metade desse ano.

Pesquisa da Sensor Tower sobre lojas de aplicativos, primeiro semestre de 2018

Uma tendência, entretanto, deve ser observada: enquanto a receita da App Store cresceu 26,8% na comparação ano a ano, esse salto foi de 29,7% do lado do Google — ou seja, o ritmo por lá está ligeiramente maior. Não que isso deva ser uma fonte de preocupação para a Apple, naturalmente.

Analisando somente jogos, a vantagem da App Store ainda é evidente, porém menor: no primeiro semestre de 2018, a loja da Apple gerou uma receita de US$16,3 bilhões contra US$10,3 bilhões no Google Play. O crescimento da loja do Google, entretanto, também superou bastante o da sua concorrente: foi um salto de 26% na comparação ano a ano, contra 15,1% no lado da Maçã.

Pesquisa da Sensor Tower sobre lojas de aplicativos, primeiro semestre de 2018

Em termos de downloads absolutos, obviamente, a App Store come poeira — tanto em apps como em jogos. O Google Play tem números aproximadamente 3x maiores que os da Maçã em ambos os cenários, embora a loja de Cupertino esteja vendo seu número de apps baixados crescer num ritmo levemente superior.

Pesquisa da Sensor Tower sobre lojas de aplicativos, primeiro semestre de 2018

Pesquisa da Sensor Tower sobre lojas de aplicativos, primeiro semestre de 2018

É de se notar, portanto, que o padrão de gastos dos usuários da App Store é realmente muito maior que o dos adeptos do Google Play — afinal, mesmo baixando 3x menos aplicativos, eles gastam 2x mais com os que elegem instalar. A Sensor Tower justificou esse desequilíbrio com a presença da loja da Apple na China (a do Google não existe por lá) e com a popularidade dos apps baseados em assinaturas (como o Netflix, o Spotify, o Pandora e o Tinder) na App Store.

Será que o paradigma há de se manter por mais muito tempo?

via TechCrunch

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes