Apple Pay deverá ter metade dos usuários de sistemas de pagamento até 2020

Apesar da demora em se expandir internacionalmente, a Apple conquistou uma liderança segura no segmento dos sistemas de pagamento digitais com uma aplicação maciça do Apple Pay em seu país natal. Agora, os frutos dessa iniciativa estão vindo, de acordo com uma nota da firma de análise Juniper Research.

Analisando a situação das principais plataformas de pagamento eletrônico (e apenas as de fabricantes de eletrônicos — ou seja, Apple Pay, Samsung Pay, Google Pay e algumas outras), a firma estima que o segmento deverá ter 450 milhões de usuários em 2020, e metade deles deverá estar usando o serviço da Apple em detrimento da concorrência.

Além dos competidores da Maçã, Samsung e Google, a Juniper lista dois sistemas de pagamento de fabricantes que estão surgindo com alguma força no mercado: o Huawei Pay e o Fitbit Pay. Nenhum dos dois deverão tomar a liderança em momento algum, mas podem contribuir para o crescimento do número de usuários e uma popularidade geral da prática de pagar coisas com seu smartphone ou dispositivos vestíveis.

A Juniper estima ainda que, até 2020, os pagamentos por essas plataformas digitais chegarão a US$300 bilhões — o que representaria cerca de 15% de todos os pagamentos sem contato em lojas de todo o mundo.

É importante, aliás, fazer a distinção entre sistemas de pagamento de fabricantes dos outros métodos sem contato. Especialmente nos Estados Unidos, é muito comum que lojas e redes tenham suas próprias plataformas de pagamento digital, como o Walmart, o Starbucks e a rede de farmácias CVS (já falamos mais sobre isso nesse post); na Europa, por sua vez, vários cartões de crédito e débito já fazem pagamentos sem contato. Esses métodos não entram na estimativa da Juniper.

Vamos ver se as previsões provar-se-ão reais.

via Apple World Today

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes