China acusa Apple de contribuir para a disseminação de pornografia e jogos de azar

Aparentemente, não é só no campo das disputas comerciais que a Apple tem tido alguns problemas de relacionamento com a China. O The Wall Street Journal informou1 que a mídia no país da Muralha tem acusado a Maçã de contribuir — ou fazer vista grossa, ao menos — para o alastramento de algumas questões bem problemáticas por lá, como a pornografia e os jogos de azar.

Mais precisamente, ao menos cinco agências de notícia controladas pelo estado chinês publicaram matérias recentemente criticando a Apple por “não fazer o suficiente” no bloqueio de conteúdos pornográficos, relativos a jogos de azar ou à venda de produtos falsificados; os três itens são proibidos na China e o governo tem implementado esforços cada vez maiores para fazer valer essa proibição.

O foco das críticas da mídia chinesa têm sido principalmente no iMessage, responsável pela disseminação de conteúdo pornográfico no país e pela divulgação da venda de produtos falsificados, e na App Store, que seria território para download de aplicativos contendo jogos de azar. Como bem se sabe, as altas restrições impostas pelo governo chinês ao ambiente digital envolvem um profundo controle por meio das empresas responsáveis em relação a esses espaços — e, ao que tudo indica, Pequim não está muito feliz com os esforços da Apple nesse sentido.

Claro que toda essa história pode ser um pretexto para banir os serviços da Apple do território chinês (como já aconteceu com o Google Play) ou abrir a criptografia de ponta-a-ponta trazida pelo iMessage no seu compartilhamento de mensagens. Nenhuma das opções, claro, é muito atrativa para qualquer pessoa que preza por um pouco de privacidade ou liberdade.

Segundo um advogado ouvido pelo WSJ, se a Apple continuar falhando na sua missão de bloquear conteúdos proibidos em território chinês espalhados por seus serviços, o ecossistema da empresa poderá ser até mesmo bloqueado no país. Ou seja, teremos que aguardar para ver se as críticas são meras bravatas ou se a Maçã realmente terá que correr para não perder um dos seus mercados mais importantes.

via 9to5Mac

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes