88% dos smartphones mais caros vendidos no mundo são iPhones

Que a Apple tem uma força monumental na parte mais alta do mercado de smartphones, todo mundo sabe. Esses números trazidos pela Counterpoint Research na sua mais recente pesquisa, entretanto, ajudam a colocarmos essa ideia em contexto — e, mais que isso, mostram que o desempenho da Maçã está indo muito bem também em camadas mais baixas do segmento.

Pesquisa da Counterpoint Research sobre mercado de smartphones premium, segundo trimestre de 2018

A firma de análise fez uma divisão das vendas globais de smartphones premium (definidos como aqueles que custam mais de US$400) no segundo trimestre de 2018, dividindo esse universo em três setores: aparelhos entre US$400 e US$600, entre US$600 e US$800 e acima dos US$800. A Apple dominou barbaramente a parte mais alta do mercado: 88% dos smartphones de mais de oitocentos dólares vendidos no mundo são iPhones — o que não chega a ser nenhuma surpresa, já que a empresa basicamente inaugurou esse novo patamar de preços e, até agora, só a Samsung resolveu acompanhá-la (com um aparelho de nicho, é bom notar).

No segmento intermediário dos smartphones premium, a Maçã tem uma leve dianteira em relação à sul-coreana (44% a 41%). A parte mais surpreendente é ver que a Apple lidera também a fatia mais baixa, de US$400-US$600, empatando em 22% com a OPPO — ou seja, a gigante de Cupertino está fazendo algo certo também na sua venda de iPhones mais antigos por preços mais baixos.

Pesquisa da Counterpoint Research sobre mercado de smartphones premium, segundo trimestre de 2018

Quando o assunto é dinheiro, a Apple também continua nadando de braçada: no segundo trimestre deste ano, a Maçã abocanhou 62% de todo o lucro gerado no mercado de smartphones — uma leve queda em relação ao mesmo período de 2017, mas ainda mantendo uma diferença brutal em relação aos 17% da Samsung, segunda colocada. Aliás, interessante notar a queda progressiva da sul-coreana nessa métrica (por conta das vendas abaixo do esperado do Galaxy S9, principalmente) e, por outro lado, a curva ascendente das chinesas Huawei, OPPO, Vivo e Xiaomi.

Outro levantamento interessante é esse que separa as campeãs em cada região do mundo considerando todas as vendas de smartphones acima dos US$400. Apenas em duas regiões (aqui na América Latina e na Europa Central) a Samsung é líder; em todas as outras, a Apple se sobressai.

Pesquisa da Counterpoint Research sobre mercado de smartphones premium, segundo trimestre de 2018

Será que os números continuarão assim por muito tempo? Vamos aguardar para ver…

via AppleInsider

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes