Ming-Chi Kuo corrobora rumores de Macs com chips da Apple em 2020-21

Rumores indicando o abandono da Intel por parte da Apple em prol de chips próprios nos Macs não são nada novos: a Bloomberg já trouxe uma reportagem bastante convincente sobre o tema há alguns meses e, com a chegada do novo processador A12 Bionic, vários estudos mostraram que a Maçã já está muito próxima de atingir, com seus chips ARM, níveis de performance e eficiência iguais ou superiores aos das melhores criações da Intel.

Agora, para botar mais lenha da fogueira, nosso amigo de sempre Ming-Chi Kuo está trazendo mais evidências de que, sim, estamos muito próximos de vermos Macs equipados com chips projetados pela própria Apple.

Em nota enviada a investidores, o analista da TF International Securities se concentra em uma análise da TSMC (fabricante de chips que é uma das maiores parceiras atuais da Apple) — é lá que são montados os processadores da série A que equipam todos os iGadgets da empresa, por exemplo. De acordo com Kuo, a relação da fornecedora com a Maçã tende a ficar ainda mais forte nos próximos anos e um dos principais motivos para isso é o início da fabricação de processadores para Macs a partir de 2020 ou 2021.

Há muitas razões para crer nisso: como lembrou o próprio analista, a TSMC é uma das fabricantes com tecnologias mais avançadas nos dias de hoje na produção de chips; além disso, por não ser concorrente da Apple em nenhum segmento (como a Samsung é, por exemplo), o fortalecimento da parceria só teria pontos positivos para a Maçã — que, do seu lado, finalmente teria controle total sobre basicamente todos os componentes do Mac e daria à empresa maiores margens de receita (já que não seria necessário comprar processadores da Intel).

Mas se você acha que as relações da Apple com a TSMC devem se resumir a Macs, iPhones e iPads, é bom pensar novamente: Kuo afirmou ainda que a fornecedora taiwanesa deverá ser a parceira oficial da Maçã na fabricação dos processadores do futuro carro da Apple — que, como o próprio analista especulou em relatório recente, ainda está nos planos de Cupertino e deverá chegar entre 2023 e 2025.

Carro da Lexus utilizado pela Apple (Apple Car)

Carro da Lexus utilizado pela Apple (Apple Car)

Nas palavras de Kuo, o chip a equipar um futuro “Apple Car” teria de trazer suporte ao nível 4 (alto) ou 5 (total) de automação, para abrigar o sistema autônomo de direção que equiparia o veículo. Hoje, apenas a TSMC tem processos de fabricação de 3 ou 5 nanômetros, que são os únicos possíveis de atingir tais requerimentos.

No fim das contas, seja lá o que esteja nos planos da Maçã para a próxima década, valerá a pena acompanhar esse relacionamento de perto — e especialmente os frutos que eles podem gerar. Eu estou animado, e vocês?

via MacRumors

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes