Jony Ive fala da mudança para o Apple Park e sobre o “Apple Car”


Em entrevista recente, o emblemático Jony Ive conversou com o Financial Times1 sobre a mudança da equipe de design da Maçã para o Apple Park, qual a verdadeira definição do Apple Watch e as perspectivas de um possível “Apple Car”.

Esta foi a segunda entrevista do chefão de design da Apple neste mês; há alguns dias, comentamos a participação dele na celebração dos 25 anos da revista WIRED.

O designer começou contando como foi a mudança para o Apple Park, o novíssimo campus da companhia inaugurado no começo deste ano. Quando perguntado sobre a demora na mudança da equipe de design, Ive atribuiu a “culpa” à grande quantidade de funcionários desse setor (são mais de mais de 9 mil pessoas).

Não foi atrasado, estava sempre programado para ser naquela época. Quando você está movendo 9.000 pessoas, você não faz isso em um dia. Nós somos um dos últimos grupos. É um evento grande e importante porque significa deixar um estúdio com décadas de história, onde projetamos e construímos os primeiros protótipos. Esse é o estúdio que eu voltei no dia em que Steve morreu. E é o lugar onde descobrimos o iPhone e o iPod.

Com relação ao Apple Watch, o executivo foi questionado se o que melhor define o gadget da Maçã é um “computador muito poderoso” ou um “relógio”. Pessoalmente, a resposta para essa pergunta está mais do que clara — e eu me surpreenderia se ele respondesse que o Apple Watch é um relógio.

Não, eu acho que ele [Apple Watch] é um computador muito poderoso, com uma gama de sensores muito sofisticados que está preso ao meu pulso. Isso não é muito descritivo nem muito útil. Você e eu compartilhamos a mesma perspectiva e tivemos esse mesmo desafio com o produto que chamamos de iPhone. Claramente, a capacidade do iPhone se estende muito além da função do que tradicionalmente chamamos de telefone.

Sobre as perspectivas de um provável “Apple Car”, Ive foi categórico ao afirmar que é importante trabalhar com os problemas e desafios associados a qualquer novo produto em vez de falar sobre isso e correr o risco de ter as ideias e tecnologias copiadas.

Nós exploramos tantos pensamentos diferentes e tantas tecnologias diferentes para produtos ou serviços. Algumas empresas usam o fato de estarem explorando muitas ideias como uma ferramenta de relações públicas — nós não. Se você está genuinamente trabalhando em algo, é melhor trabalhar nisso e lutar com os problemas e desafios associados em vez de falar sobre isso. É importante que esse tempo de criação seja nosso, já que depois desse ponto é quando eles serão copiados — que é o que a história sugere.

Será que a Apple está enfrentando muito desses “desafios” com o desenvolvimento do seu veículo? Independentemente disso, o analista Ming-Chi Kuo manteve a sua previsão de que o “Apple Car” deverá chegar entre 2023 e 2025. Veremos…

via MacRumors

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: