Howard Gilman Opera House | Macotakara

Após polêmica, Apple não convida Bloomberg para o evento do dia 30/10

Continua gerando frutos a gigantesca polêmica iniciada pela Bloomberg após a publicação da reportagem sugerindo que empresas americanas estavam sendo espionadas pelo governo chinês. Com o inédito pedido de retratação de Tim Cook e pessoas apontando inconsistências na matéria, agora a própria Apple resolveu retaliar.

De acordo com o BuzzFeed News, a Maçã não convidou a publicação — uma das maiores e mais importantes dos Estados Unidos, é bom lembrar — para o seu evento especial de terça-feira (30/10). A atitude tem precedente: o Gizmodo passou anos sem ser convidado para os eventos da Apple após divulgar as fotos do iPhone 4 perdido num bar antes do lançamento; só recentemente o site voltou a marcar presença nas conferências.

Amazon também retalia

Para piorar a situação da Bloomberg, outra gigante resolveu responder à altura após a publicação da reportagem: a Amazon retirou completamente toda a sua publicidade do site da revista, fechando a torneira de uma fonte considerável de receita do veículo. A decisão se refere à publicidade de todo o quarto trimestre e não se sabe se há de perdurar nos próximos meses.

Oficialmente, a companhia de Jeff Bezos afirmou que o cancelamento dos anúncios se dá por uma política interna de corte de gastos; uma fonte de dentro da Amazon, entretanto, confirmou ao BuzzFeed News que a decisão de fato está intrinsecamente ligada ao imbróglio do caso chinês.

A Apple, por sua vez, não comentou o caso.

via Cult of Mac

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes