iPhones 8, 8 Plus e X agora podem ter performance reduzida se baterias estiverem ruins

O escândalo das baterias de iPhones revelado no fim do ano passado é uma polêmica que a Apple não quer reviver de forma alguma. Depois que usuários descobriram que a empresa estava, silenciosamente, diminuindo a performance de aparelhos antigos para preservar a bateria deles, uma crise enorme de relações públicas se instalou em Cupertino e obrigou a gigante a tomar uma série de medidas para coibi-la.

Uma dessas medidas é o recurso Saúde da Bateria, presente a partir do iOS 11.3 e que permite aos usuários acompanhar o nível de integridade da célula e quando ela deve ser trocada. Para aparelhos mais antigos, o recurso traz ainda a opção extra de desligar o gerenciamento de performance — ou seja, o processador do seu iPhone vai rodar exatamente como fazia quando saiu da caixa, mas a sua bateria pode durar menos e o dispositivo pode desligar abruptamente se o nível de carga estiver muito baixo.

Originalmente, essa opção estava disponível apenas para os iPhones 6, 6 Plus, 6s, 6s Plus, SE, 7 e 7 Plus — até porque, na época, os iPhones 8, 8 Plus e X ainda eram muito novos para precisar de algo assim. Agora, não mais: com o iOS 12.1, os iPhones 8, 8 Plus e X também ganharam o gerenciamento de performance (e, portanto, a opção de desligá-lo).

Saúde da bateria no iPhone X

A justificativa é simples: com alguns aparelhos da linha 2017 já chegando ao primeiro aniversário, é natural que suas baterias comecem a apresentar perdas de capacidade ou outras falhas intrínsecas ao seu funcionamento. Com a novidade, a Apple pode preservar a bateria dos dispositivos e dar aos usuários a opção de desligar o recurso para máxima performance a todos os momentos — que é justamente o que ela deveria ter feito desde o início.

Segundo a Maçã, entretanto, o gerenciamento de desempenho nos iPhones mais recentes pode ser menos perceptível por conta de seus componentes internos mais avançados. Veja o que ela informou nesta página de suporte:

Esse gerenciamento de desempenho funciona ao analisar uma combinação de temperatura do dispositivo, estado de carga da bateria e impedância da bateria. O iOS gerenciará dinamicamente o desempenho máximo de alguns componentes do sistema, como CPU e GPU, para evitar desligamentos inesperados somente se essas variáveis exigirem. Dessa maneira, as cargas de trabalho do dispositivo serão automaticamente equilibradas, permitindo uma melhor distribuição de tarefas do sistema, em vez de picos rápidos e maiores de desempenho de uma só vez. Em alguns casos, o usuário poderá não observar diferenças no desempenho diário do dispositivo. O nível de mudança percebida dependerá de quanto gerenciamento de desempenho será necessário para um determinado dispositivo.

Portanto, ao atualizar o seu iPhone 8/8 Plus/X para a nova versão do sistema, avalie se as coisas estão rodando normalmente e, caso queira, desligue o recurso de gerenciamento de performance.

Alguém aí já notou alguma diferença?

via The Verge

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes