Novos iPads Pro americanos são diferentes dos que virão para o Brasil

Não tinha por que ser diferente: assim como os iPhones XS, XS Max e XR, os novos iPads Proanunciados ontem, num evento especial da Apple — que serão vendidos nos Estados Unidos *não* serão os mesmos que virão para o Brasil.

A lista de bandas e frequências 4G/LTE suportadas pelos novos iPads Pro é quase idêntica às dos iPhones recentes, ou seja, os modelos americanos *não* suportam a banda 28 (700MHz APT) que aos poucos está sendo adotada por operadoras brasileiras no lugar da antiga TV analógica.

Quem comprar um dos novos iPads Pro nos EUA (modelo A2014 para o de 12,9″ ou A2013 para o de 11″) conseguirá usá-los sem problemas no 4G brasileiro, mas somente nas bandas padrão 7 (2.600MHz) e 3 (1.800MHz).

Os modelos que serão homologados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e virão para o Brasil são o A1895 para a versão de 12,9″ e o A1934 para a de 11″. Estes, sim, suportam as três bandas de 4G utilizadas pelas operadoras brasileiras.

Assim como na geração anterior dos iPads Pro, os novos contam tanto com uma bandeja para chip físico (Nano-SIM) quanto com um eSIM embutido. Por ora, nenhuma operadora brasileira oferece suporte ao chip eletrônico para iPads.

Obviamente, isso não faz diferença nenhuma quando estamos falando de iPads que não dispõem de conectividade celular. Os modelos somente com Wi-Fi são únicos e globais.

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes