Macs com chip T2 não podem ter Linux instalado por padrão


O chip T2, que equipa o iMac Pro e os Macs mini, MacBooks Pro e Air mais recentes, já teve seus recursos de segurança amplamente divulgados e vangloriados pela Apple em todas as oportunidades possíveis — nós mesmos já falamos de vários deles aqui no MacMagazine. Toda essa proteção, entretanto, também traz suas desvantagens.

Como informa este documento [PDF] detalhando os recursos de segurança do T2 (que já citamos neste post), usuários que queiram instalar distribuições do Linux como um sistema secundário em seus Macs equipados com o chip terão dificuldades para fazê-lo, bem como aqueles que precisem instalar versões do Windows anteriores ao 10.

Isso porque o T2, atrelado ao recurso de inicialização segura do macOS, não traz suporte aos certificados necessários para fazer a inicialização desses sistemas — ou, em outras palavras, o sistema não tem como confiar na veracidade e integridade dos sistemas operacionais no momento da inicialização e, portanto, os bloqueia antes de ativá-los.

Mais especificamente: o macOS traz suporte ao certificado Microsoft Windows Production CA 2011, que autentica os bootloaders do Windows 10 — portanto, ele continua sendo perfeitamente suportado no Boot Camp. Existe um outro certificado, chamado Microsoft Corporation UEFI CA 2011, que autentica os bootloaders de versões mais antigas do Windows e outros sistemas, como o Linux; esse, a Apple não suporta no macOS.

Isso significa, então, que seria impossível instalar qualquer sistema que não o Windows 10 no seu Mac com chip T2? Não, mas tal processo envolve uma mudança de configuração que pode trazer riscos à sua máquina: você deve desabilitar completamente o recurso de inicialização segura do macOS, o que pode abrir a porta para malwares nos sistemas secundários que você use.

Para desativar a inicialização segura do macOS, você deve reiniciar a sua máquina e pressionar as teclas R durante a inicialização, soltando-as quando o logo da Apple surgir na tela. Em “Utilitários”, clique na opção “Utilitário de Segurança da Inicialização”. Selecione sua conta de administrador, digite sua senha e, por fim, no campo “Inicialização Segura”, selecione a opção “Sem Segurança”.

Mas só siga por sua conta e risco, claro!

via iDownloadBlog

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: