Apple começa a vender iPhone XR sem chip (SIM-free) nos EUA


Normalmente, quando a Apple lança um novo iPhone nos Estados Unidos, ela só vende modelos atrelados a operadoras. Há muito tempo, porém, clientes podem simplesmente entrar na loja e optar por comprar esses aparelhos pagando o “preço cheio” (“full price”). Dessa forma, ainda que o aparelho venha com o chip da operadora, ele é completamente desbloqueado.

Pouco tempo depois, contudo, a Apple sempre começa a vender a opção SIM-free. Essa opção nada mais é do que um modelo totalmente desvinculado de operadoras, trazendo na sua caixa inclusive aquela ferramenta de ejeção de cartão SIM.

Curiosamente, no iPhone XS, a Apple ofereceu esse modelo já no lançamento, junto às opções atreladas às quatro maiores operadoras do país (AT&T, T-Mobile, Verizon e Sprint). Isso não aconteceu com o iPhone XR, que até agora era vendido apenas com chips de tais operadoras; agora, isso mudou.

iPhone XR SIM-free

Quem entrar numa loja da Maçã ou comprar o aparelho online já pode optar pela opção SIM-free. É bom deixar claro que, neste ano, não há absolutamente nada de diferente nesses modelos além do fato de eles virem sem chip de operadora e com a ferramenta de ejeção de cartões SIM. Estamos falando do mesmíssimo modelos (A1920, A1921 e A1984 — XS, XS Max e XR, respectivamente), que *não* contam com suporte à banda 28 (de 700MHz APT) — no Brasil, a Apple comercializa o modelos A2097, A2101 e A2105, como já informamos.

Resumindo: na prática, não faz diferença nenhuma optar pelos modelos AT&T, T-Mobile, Verizon, Sprint — desde que pagando o “preço cheio”, sem vínculo com tais operadoras — ou SIM-free. A única coisa que muda é, como falamos, a inclusão da ferramenta de ejeção de chips e a ausência do chip da operadora na bandeja. 😉

via Macworld

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: