iPad Pro não passa no teste de entortamento [atualizado: Surface Pro 6]

Play

Os recém-lançados iPads Pro têm sido extremamente elogiados por performance, design, telas, Face ID, alto-falantes, adoção da porta USB-C e outros. Mas, se formos analisar a durabilidade física deles, não há lá muito o que falar de bom.

O canal do YouTube JerryRigEverything realizou todos os seus tradicionais testes de durabilidade com um iPad Pro de 11″ e confirmou o óbvio: o alumínio anodizado da sua carcaça arranha muito facilmente, o vidro da tela também não tem nada muito especial e, mais uma vez, o cristal safira usado para proteger a câmera traseira não é tão puro quanto a Apple dá a entender que é.

Talvez a parte mais impressionante do vídeo acima seja o teste final, de entortamento. Não que o iPad seja um dispositivo que fique no bolso na calça, como um iPhone, mas eu não esperava que ele fosse entortar e quebrar tão facilmente.

Como o YouTuber apontou, há dois pontos opostos nas laterais da carcaça do iPad Pro que a tornam suscetível a esse comportamento: um furinho de microfone e a área para recarga do Apple Pencil, que é feita de plástico em vez de metal. Obviamente, se a estrutura não fosse tão fina (5,9mm), provavelmente essa resistência também seria um pouco maior.

Não é nada tão preocupante assim, obviamente… a menos, claro, que alguém por acaso sente com tudo no seu iPad Pro. Ou seja, não deixe-o largado no sofá de jeito nenhum. 😝

via 9to5Mac

Atualização 21/11/2018 às 18:44

Zack Nelson ouviu seus espectadores e realizou, agora, o mesmo teste com o também recém-lançado Surface Pro 6, da Microsoft:

O Surface não começou muito bem, com a sua tela rachando ainda no teste de arranhões do vidro. Outros aspectos dele, como o alumínio usado em sua construção, são até piores que o do iPad pois o material é pintado em vez de anodizado.

Mas, no principal teste que gerou essa polêmica, o Surface se saiu melhor: mesmo fazendo bastante força, o YouTuber não conseguiu gerar o mesmo dano ao tentar entortá-lo. Não é por menos: o tablet da Microsoft não tem os dois pontos de fragilidade em sua carcaça e, além disso, é bem mais grosso (8,5mm contra 5,9mm) e pesado (770g contra 468g). Taí.

via TNW

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: