Mark Zuckerberg manda executivos trocarem seus iPhones por Androids


Eu não preciso falar aqui o quão polêmico é o Facebook. Nesta semana, o New York Times (em um artigo bastante extenso e detalhista) mostrou como a rede social lidou com os últimos acontecimentos que mancharam a reputação da empresa (como um recente vazamento de dados, o fato de usar o número de celulares cadastrados como confirmação de autenticação de dois fatores para disparar publicidade, entre outras coisas).

Um detalhe, porém, chamou a atenção de veículos que cobrem o mundo Apple como um todo: o fato — pelo menos de acordo com o jornal novaiorquino — de Mark Zuckerberg ter forçado sua equipe de gerenciamento a abandonar seus iPhones e mudar para aparelhos com Android após diversos comentários de Tim Cook sobre o Facebook que o deixaram enfurecido.

Eis a passagem do texto sobre o caso:

“Não vamos traficar a sua vida pessoal”, disse Tim Cook, executivo-chefe da Apple, em entrevista à MSNBC. “Privacidade para nós é um direito humano. É uma liberdade civil.” (As críticas de Cook enfureceram Zuckerberg, que mais tarde ordenou que sua equipe de gerenciamento usasse apenas telefones Android — argumentando que o sistema operacional tinha muito mais usuários que o da Apple.)

Na época, após essas declarações de Cook, o próprio Zuckerberg tratou de responder, argumentando que o Facebook é uma empresa que trabalha duro para cobrar menos e oferecer ao mundo um serviço gratuito que todos podem usar e que isso de forma alguma significa não se importar com as pessoas; por outro lado, ele acusou a Apple de criar produtos que servem apenas aos ricos.

O Facebook não demorou muito para responder alguns dos temas levantados pela extensa matéria do jornal, como “investigação russa”, “banimento muçulmano”, “combate às fake news“, “legislação sobre tráfico sexual” e, é claro, o assunto “Android”. Sobre este, a empresa afirmou:

Tim Cook tem criticado constantemente nosso modelo de negócios e Mark tem sido igualmente claro que ele discorda. Portanto, não há necessidade de empregar mais ninguém para fazer isso por nós. E há muito tempo incentivamos nossos funcionários e executivos a usar o Android porque é o sistema operacional mais popular do mundo.

De fato, não há como negar o argumento.

via 9to5Mac: 1, 2

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: