Apple volta a ser considerada a empresa mais inovadora do mundo pela PwC


Como de costume, a PricewaterhouseCoopers (PwC), empresa de consultoria e auditoria, divulgou os resultados do seu estudo anual sobre as tendências de investimento entre as 1.000 (Global Innovation 1.000) maiores companhias em pesquisa e desenvolvimento do mundo.

Para quem não se lembra, foi nesse estudo que a Maçã ocupou o topo da lista das empresas mais inovadoras seis vezes consecutivas — neste ano ela poderia ter ocupado essa posição pela oitava vez, se em 2017 não tivesse perdido o posto para a Alphabet, empresa-mãe do Google.

Quadro: 10 empresas mais inovadoras

Não obstante, em 2018 a Apple foi considerada novamente pela PwC a empresa mais inovadora do mundo.

No último ano, como comentamos, a Maçã investiu cerca de US$14,2 bilhões em P&D, um crescimento de quase US$3 bilhões em relação ao ano passado.

No quadro da PwC, no entanto, os investimentos da Apple em P&D aparecem como US$11,6 bilhões, valor referente ao ano passado (2017). Se fosse levando em conta o valor de 2018, ela poderia subir para a 5ª posição entre as maiores investidoras nessa área.

No geral, os investimentos de grande parte das 1.000 companhias que são listadas no estudo nessa área foram maiores, alcançando um valor recorde de US$782 bilhões — o que significa um crescimento de 11,4% em relação ao montante investido em 2017.

Além disso, a gigante de Cupertino recebeu o título de empresa “inovadora de alta alavancagem” pela PwC. Mas o que isso significa exatamente? Basicamente, “alavancagem” é uma estratégia financeira usada para elevar o potencial de retorno, investimento ou negócio.

No caso do estudo em questão, a empresa de consultoria analisou os resultados de três pesquisas realizadas em 2007, 2012 e 2017 para criar um quadro de desempenho das empresas analisadas. Desta forma, apenas duas companhas se qualificaram como “inovadoras de alta alavancagem” em todos os três anos: Apple e Black & Decker. Segundo a PwC, essas empresas “obtêm mais retorno por seus investimentos em P&D que suas concorrentes”.

Por fim, a PwC apontou o sucesso consistente da Apple e da Black & Decker como metas de desempenho em inovação que outras empresas devem aspirar alcançar. Contudo, poucas empresas do Global Innovation 1.000 conseguem atingir essa meta em um determinado ano ou no pequeno prazo — isso é o resultado de uma atenção meticulosa “à estratégia, cultura, envolvimento executivo, insights do cliente e execução em todas as etapas de inovação”.

via Apple World Today

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: