Apple realmente deverá esperar até 2020 para implantar rede 5G em iPhones


No mês passado, comentamos que os primeiros iPhones com suporte a redes 5G deverão começar a surgir apenas em 2020. Agora, a Bloomberg trouxe mais informações que vão ao encontro dessa possibilidade, discutindo pontos positivos e negativos caso a Apple decida esperar um pouco para adotar a tecnologia.

De acordo com pessoas familiarizadas com os planos da Maçã, a companhia deverá esperar até um ano após a implantação inicial da nova rede móvel antes do seu gadget carro-chefe conseguir usá-la — da mesma forma que fez com a adoção do 3G e do 4G/LTE nos iPhones 3G e 5, respectivamente.

Nos cálculos da Apple, as primeiras versões de smartphones a adotarem a nova tecnologia virão com problemas que poderão inibir os consumidores de mudar para a nova rede imediatamente, como cobertura irregular, por exemplo. Portanto, pode ser que a Apple opte por esperar um pouco mais para migrar de tecnologia, dada a diferença de velocidade entre as redes 4G/LTE e 5G.

Não obstante, a decisão da Maçã pode estar relacionada com a briga judicial entre a empresa e a Qualcomm, a qual atualmente lidera a produção de chips com suporte a redes 5G. Se o imbróglio entre as duas não for resolvido a tempo, pode ser que Maçã tenha que depender majoritariamente da Intel para a fabricação desses modems.

Julgamento tem data definida

Por falar da Qualcomm, recentemente comentamos que o seu CEO, Steve Mollenkopf, afirmou durante entrevista que a batalha judicial com a Maçã estava “perto de ser resolvida”. Bom, realmente ela está, e agora com uma data definida: 15 de abril de 2019.

De acordo com o advogado da Apple William Isaacson, informações de que a Maçã e a Qualcomm estariam entrando em acordo não condizem com a verdade; na realidade, as companhias não conversam há meses. Nada impede que um acordo ainda seja firmado antes do julgamento, mas o fato é que não há hoje nenhuma probabilidade de isso ocorrer.

Ao que tudo indica, a Qualcomm estava aguardando por um julgamento ainda mais cedo, já em fevereiro do ano que vem; contudo, o juiz Gonzalo Curiel, da Corte de San Diego, manteve a decisão de realizá-la em abril para “acomodar a agenda do tribunal”.

Quais são suas apostas para o próximo capítulo da novela entre Apple e Qualcomm?

via 9to5Mac: 1, 2

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: