Veja o histórico de tudo o que você já ouviu no Apple Music


Em maio passado, falamos da nova página da Apple focada em dados e privacidade, na qual clientes da empresa podem solicitar e baixar informações referentes ao seu ID Apple (como uso de aplicativos, calendários, lembretes, documentos do iCloud, histórico de reprodução do Apple Music, entre outros).

Por padrão, a Apple disponibiliza os dados solicitados pelo usuário em um arquivo ZIP que contém vários documentos nos formatos JSON, CSV, XML e PDF. Para visualizar as informações baixadas, mais especificamente no caso do histórico de reprodução do Apple Music, o desenvolvedor australiano Pat Murray criou uma página muito interessante, capaz de exibir o seu ano de uso do serviço de streaming musical.

Para usar a ferramenta, primeiro você precisa solicitar os suas informações na tal página da Apple. Veja como:

  1. Clique em “Solicitar uma cópia dos seus dados”.

    Solicitar, corrigir dados ou desativar ID Apple

  2. Selecione os dados que você deseja baixar. No caso do histórico do Apple Music, selecione a opção “Informações sobre os serviços de mídia da Apple”.

    Selecionar dados de privacidade do ID Apple

  3. Clique em “Continuar” e, em seguida, selecione o tamanho máximo do arquivo que você irá baixar.
  4. Por fim, clique em “Completar solicitação”.

Você receberá um email informando que os dados foram solicitados e em até sete dias eles estarão disponíveis para download. Para verificar o andamento da solicitação, basta acessar a página novamente.

Arquivo CSV com dados do Apple Music

Como dissemos, os dados serão disponibilizados para download a partir de um documento ZIP; baixe-o e descompacte o arquivo App_Store_iTunes_Store_iBooks_Store_Apple_Music. Em seguida, basta navegar até a pasta /Apple Music Activity/ e procurar o documento Apple Music Play Activity.csv.

Agora, acesse a página Apple Music Analyser e suba o arquivo CSV. Depois disso, você verá um resumo completo dos álbuns, artistas e músicas mais reproduzidos no Apple Music, incluindo o tempo de reprodução e outras informações bem mais específicas, como as “razões para uma música ser encerrada” e o ranking de músicas mais tocadas através dos anos.

Para qualquer um que é ou já foi usuário do site Last.fm, por exemplo, verá que a ferramenta criada por Murray explora e permite visualizar informações específicas do seu hábito musical.

Uma pena que a Maçã não possua um serviço oficial equivalente. Nesse sentido, alguns de seus rivais já estão à frente da companhia e oferecem pelo menos alguma forma de o usuário visualizar o histórico de reprodução personalizado. O Spotify, por exemplo, cria uma espécie de site no fim de cada ano com os detalhes de reprodução de cada usuário, incluindo as músicas, os artistas e os gêneros mais reproduzidos nesse período.

via MacRumors

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: