Apple divulga novos vídeos com histórias “salva-vidas” do Watch


Além de lançar o watchOS 5.1.2 há pouco, a Maçã também compartilhou novos vídeos no seu canal do YouTube que destacam uma das características mais exaltadas do Apple Watch: seus recursos de saúde.

Como já sabemos, o Watch pode alertar os usuários caso o ritmo cardíaco esteja elevado ou abaixo dos limites pré-definidos em repouso, recurso esse que já foi responsável por salvar a vida de um jovem americano. Além disso, a conexão celular deu ao smartwatch da Apple ainda mais autonomia para realizar ligações e enviar mensagens fora do alcance do iPhone.

Esses são alguns dos recursos do gadget que ajudaram as pessoas nos vídeos compartilhados pela Maçã. No primeiro vídeo, a seguir, quatro depoimentos mostram a diferença que o Apple Watch fez na vida de cada um dos usuários, enquanto o segundo trata de uma emotiva história sobre um jovem com paralisia cerebral espástica que foi alertado sobre a condição do seu coração pelo Watch.

As pessoas procuram a Apple o tempo todo para compartilhar como a Apple Watch se tornou uma parte indispensável de suas vidas. Aqui estão algumas das suas histórias.

Como dissemos, quatro histórias são contadas nesse vídeo; em uma delas, um surfista que foi levado para alto-mar conseguiu entrar em contato com o seu filho e com a guarda costeira a partir do Apple Watch. Em outro depoimento, uma família conseguiu acionar a emergência médica após um acidente de carro através da Siri no Watch.

As duas últimas histórias estão relacionadas com o recurso “Saúde do Coração”, que ajudou a salvar as vidas de um jovem com uma séria condição cardíaca e de um homem diagnosticado com trombose. É realmente de dar arrepios.

Muitas pessoas procuram a Apple para compartilhar como as notificações de frequência cardíaca no Apple Watch as ajudaram a reconhecer e reagir a condições sérias. Aqui está a história de Michael.

A história de Michael é similar às anteriores relacionadas com o recurso “Saúde do Coração”. Em um dia, ele acordou não se sentindo muito bem e seu Apple Watch começou a notificá-lo de elevado ritmo cardíaco. Após exames, foi diagnosticado que ele tinha sepse, uma complicação que desencadeia uma inflação em todo o corpo, podendo levar à morte.

·   •   ·

Vale a pena assistir aos vídeos e refletir, mesmo que você não possua um Apple Watch, o quanto é importante visitar um médico regularmente. Afinal, nossa saúde deve vir em primeiro lugar, sempre.

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: