Apple Pay chega à Alemanha


O Apple Pay parece ter ganhado tração. No fim do mês passado, o serviço de pagamentos da Apple chegou à Bélgica e ao Cazaquistão; agora, depois de uma longa espera, foi a vez da Alemanha — durante a divulgação dos resultados financeiros do terceiro trimestre fiscal de 2018 da Apple, Tim Cook havia comentado que o Apple Pay chegaria por lá ainda em 2018. Com o lançamento, chegamos agora a 32 territórios com opção de realizar pagamentos por iPhones, iPads, Macs e Apple Watches.

E o serviço chegou com tudo, incluindo as bandeiras American Express, Maestro, Mastercard e Visa. Os bancos e serviços digitais, por sua vez, são: boon., bunq, comdirect, Deutsche Bank, fidor BANK, Hanseatic Bank, HypoVereinsbank/UniCredit Bank AG, N26, o2 Banking, Ticket Restaurant Edenred e VIMpay.

Como sempre, uma ampla rede de lojas físicas e online — além de aplicativos disponíveis na App Store, os quais tornam o Apple Pay compatível com o iPad, por exemplo — já está aceitando o serviço da Maçã: Adidas, Burger King, C&A, H&M, McDonald’s, Shell, Starbucks, Zara, asos, Booking.com, easyJet, Kickstarter e Vivino (para citar apenas alguns).

Como já comentamos, os próximos passos da plataforma de pagamentos da Apple já estão sendo traçados: ele chegará à Arábia Saudita “em breve” (segundo o site local da Apple). Também é possível que o sistema chegue ao Azerbajão em algum momento de 2019, de acordo com informações compartilhadas por um chefe da Mastercard no país e publicadas pelo Mobile World Live.

O Apple Pay já está disponível em 32 territórios, incluindo Brasil, Estados Unidos, Japão e Reino Unido. O Apple Pay Cash (sistema de envio de dinheiro entre usuários pelo iMessage) só existe, por enquanto, nos EUA. A lista completa de países e regiões suportadas pela plataforma pode ser conferida nessa página.

via MacRumors

Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.

Posts recomendados