Apple investirá US$1 bilhão na construção de novo campus em Austin, no Texas

No início do ano, a Apple fez um grande anúncio acerca de investimentos bilionários nos Estados Unidos durante os próximos cinco anos, incluindo a construção de um novo campus no país. Depois de tantas especulações sobre onde a próxima casa da Maçã seria construída, hoje finalmente a companhia divulgou informações oficiais sobre o assunto.

A Apple divulgou que investirá US$1 bilhão na expansão das suas operações em Austin, no estado americano do Texas, incluindo a construção de um novo campus. A nova instalação da companhia terá 538 mil metros quadrados e acomodará, inicialmente, 5 mil funcionários da Maçã — a capacidade total do campus, no entanto, será de 15 mil pessoas.

Os trabalhos no novo campus incluirão diversas funções, como engenharia, pesquisa e desenvolvimento, operações, finanças, vendas e suporte ao cliente. Atualmente, a Maçã conta com 6.200 funcionários em Austin, o que já representa o maior número de trabalhadores da Apple fora de Cupertino — tornando a Apple a maior empregadora privada da cidade texana.

O novo local da companhia incluirá 202 mil metros quadrados de espaço aberto preservado e, como o restante das instalações da Apple em todo o mundo, funcionará 100% com energia renovável.

O CEO da Apple, Tim Cook, comentou a expansão das operações em Austin e as novas contratações:

A Apple está orgulhosa em trazer novos investimentos, empregos e oportunidades para cidades dos EUA e aprofundar significativamente nossa parceria de 25 anos com a cidade e o povo de Austin. O talento, a criatividade e as ideias inovadoras de amanhã não são limitadas por região ou código postal e, com essa nova expansão, estamos redobrando nosso compromisso de cultivar o setor de alta tecnologia e a força de trabalho em todo o país.

90 mil funcionários contratados nos EUA

Além da (gigantesca) expansão em Austin, a Apple também anunciou planos para abrir centenas de vagas de emprego em cidades como Seattle (Washington), San Diego e Culver City (Califórnia), e expandir suas atividades em outras cidades importantes para a companhia, como Pittsburgh (Pensilvânia), Bolder (Colorado), Boston (Massachusetts), Portland (Oregon) e Nova York nos próximos três anos.

Em 2018, a Maçã contratou 6 mil novos funcionários no país e, agora, emprega 90 mil pessoas diretamente em todos os 50 estados americanos. Conforme anunciado em janeiro, a companhia deverá empregar 20 mil novas pessoas até 2023.

Indiretamente, a gigante de Cupertino é responsável por criar e apoiar mais de 2 milhões de empregos nos EUA, incluindo 9 mil trabalhadores de fornecedoras e fabricantes parceiras. O ecossistema online da Maçã, incluindo a App Store, garante o emprego de 1,5 milhão de pessoas, levando esse crescimento até o Alasca.

Novo escritório do Apple Music em Nashville

Como parte dos seus planos de expansão, a Maçã também anunciou hoje um novo escritório do Apple Music em Nashville (Tennessee). Conforme divulgou o Nashville Post, a companhia adquiriu um espaço no complexo May Hosiery Co-op, capaz de acomodar cerca de 30 funcionários.

Em maio passado, comentamos que a Apple estava organizando uma nova equipe liderada pelo veterano da empresa, Jay Liepis, para compor o escritório da Maçã em Nashville. Aparentemente, os acordos saíram conforme esperado e a companhia já está dando os próximos passos para investir no cenário country da região.

Além da construção do novo escritório, a Maçã também está expandindo seu ambiente administrativo em Miami. Segundo a empresa, o local terá o dobro de espaço após as reformas.

Expansão de data centers

Também divulgamos que a Apple planeja investir US$10 bilhões na construção de data centers nos próximos cinco anos. A Maçã informou agora que, desse montante, cerca de US$4,5 bilhões serão investidos neste ano e no próximo.

Data center da Apple em Reno, Nevada

O data center da Apple em Reno, Nevada, é um dos vários nos EUA que a empresa expandirá nos próximos cinco anos

Em Waukee (Iowa), os preparativos estão em andamento para a construção do mais novo data center da empresa nos EUA. Ademais, as instalações da Maçã nos estados americanos da Carolina do Norte, Arizona e Nevada estão atualmente sendo expandidas.

via Axios

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes