Ex-Apple fala sobre Steve Jobs e “processo desleixado” de produção do Mac nos EUA


Quem vê a Apple expandindo e empregando cada vez mais pessoas atualmente, talvez não imagine que um dia a empresa passou por uma montanha-russa de acontecimentos, como a produção do primeiro Macintosh em um cubículo na Hewlett-Packard e a tentativa de fabricação industrial do Mac nos Estados Unidos, na década de 1980.

Não, você não leu errado. Os computadores da Maçã foram montados no Vale do Silício (Califórnia) em uma fábrica nos EUA durante oito anos, período sobre o qual um antigo executivo da companhia, Jean-Louis Gassée, não tem boas lembranças — conforme divulgado pelo The New York Times.

Gassée foi contratado pelo então CEO da Apple, John Sculley, e se tornou presidente da divisão de produtos da companhia. Nos primeiros dias, ele decidiu entender como a empresa realmente construía seus produtos, trabalhando em uma das linhas de produção da fábrica aberta pelo cofundador da Maçã, Steve Jobs, com o objetivo de fabricar o Mac.

Montagem do Macintosh, 1984

Processo de montagem do Macintosh na fábrica da Apple em 1984.

“Eu me envergonhei de prender um monitor na moldura do computador com uma chave de fenda”, lembrou Gassée em uma entrevista recente. No final de seu turno, Gassée pegou uma vassoura e varreu as partes que haviam caído da linha de produção. “Foi muito vergonhoso”, disse ele sobre o processo visivelmente desleixado.

Durante o comando de Jobs, o executivo tentou implantar sua versão de dois processos sobre os quais possuía “profundas convicções”: a produção em massa do Fordismo e o método japonês Toyotista (“just in time”). Contudo, seus esforços para replicar esses processos na Califórnia foram um dos seus fracassos.

A fábrica em Fremont fechou em 1992, cinco anos antes de Jobs voltar à Apple, em parte porque nunca recebeu a demanda que o executivo havia imaginado. Atualmente, apenas algumas (poucas) empresas especializadas em sistemas de prototipagem mantém uma força de trabalho voltada para a fabricação de produtos no Vale do Silício.

Para saber mais sobre esse período da história da Maçã e os anseios de Jobs sobre a produção de Macs nos EUA, confira a publicação do New York Times na íntegra.

via 9to5Mac

Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.

Posts recomendados

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: