Conceito de interface traz elementos que se modificam de acordo com a luz ambiente

Play

Alguém tem saudades do esqueumorfismo? Se vocês não se lembram bem, o termo é usado a se referir para uma corrente de design que tenta replicar com fidelidade elementos e texturas do mundo real. A Apple já foi uma das principais bandeiras da tendência até o iOS 7, que trouxe a completa renovação visual do seu sistema operacional móvel em prol de correntes mais, digamos, modernas. Um ex-engenheiro da Maçã, entretanto, bolou um novo conceito de interface que pode trazer o esqueumorfismo de volta aos holofotes — literalmente.

Bob Burrough, que já foi engenheiro de software em Cupertino, postou um vídeo com o conceito de interface que ele está desenvolvendo e chamou atenção da comunidade de desenvolvedores e designers do mundo. Basicamente, a ideia dele é criar elementos de interface que interajam com a luz ambiente e os focos de luz presentes (ou ausentes) em um determinado local, criando “superfícies digitais” que parecem reais e geram pontos de luz e sombra dependendo da sua posição em relação às fontes.

Para tornar o conceito possível, Burrough recorre a uma lente olloclip olho-de-peixe que “escaneia” todas as fontes de luz do recinto; o software criado pelo engenheiro interpreta essas imagens para detectar de onde está vindo a luz e, a partir daí, transferir essas informações para a interface.

O funcionamento é espantosamente responsivo para um conceito ainda prévio: a interface se modifica em tempo real de acordo com os movimentos, tornando-se mais escura (e “flat”) quando o aparelho entra numa área de sombra e detectando diferentes intensidades de luz.

Claro que a ideia do engenheiro não necessariamente será adotada pela Apple ou qualquer outra empresa — para início de conversa, é necessário que o aparelho em questão seja dotado de uma câmera frontal com ângulo de visão bastante amplo. Ainda assim, é um conceito bem bacana que desenvolvedores podem aplicar em suas criações para experiências ainda mais imersivas e realistas.

via Cult of Mac

Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.

Posts recomendados