Processo contra a Apple por brecha em processadores é descartado

O ano passado foi tão cheio de acontecimentos e polêmicas no mundo tecnológico que eu acho perfeitamente compreensível caso vocês não se lembrem mais o que é “Spectre” e “Meltdown”. Nesse caso, eu dou um rápido lembrete: tratam-se das graves vulnerabilidades encontradas em basicamente todos os processadores modernos do mundo, que expunham os computadores e dispositivos móveis nos quais estavam presentes a invasões, ataques e roubos de dados. Esse artigo e esse outro explicam a polêmica toda com bastante profundidade, para quem se interessar.

À época, várias empresas — incluindo a Apple — foram processadas por conta da polêmica, sob o argumento de que elas sabiam do problema e não o tornaram público, expondo os usuários a riscos desnecessários, e de que as correções das vulnerabilidades (liberadas rapidamente pela Maçã, é bom lembrar) fizeram com que seus dispositivos sofressem quedas de desempenho. Agora, a ação coletiva referente à Maçã acabou de ser descartada.

Com base em dados de benchmarks antes e depois da aplicação das correções, um juiz distrital dos Estados Unidos afirmou que a ação seria descartada porque os reclamantes não ofereceram fatos suficientes que provassem que seus dispositivos valiam menos após a atualização do que anteriormente. Aparentemente, os casos de perda de performance foram pontuais e não consistiam num problema universal ou grave a ponto de desvalorizar os aparelhos.

Portanto, uma pilha de processos a menos no departamento jurídico de Cupertino. Certamente uma notícia a se celebrar por lá em um momento de tantos abalos, creio eu.

via AppleInsider

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes