Apple contrata designer da Tesla e especialista em segurança, mas perde talentos

Semana vai, semana vem, e os encontros e despedidas em Cupertino vão seguindo como o curso natural da vida. Recentemente, dois nomes importantes chegaram ao Apple Park, enquanto um terceiro deixou as propriedades da Maçã para alçar novos voos. Vejamos.

Andrew Kim

Como informado no seu perfil no LinkedIn, o designer Andrew Kim chegou à Apple depois de dois anos na Tesla. Na montadora, ele foi responsável por ajudar a desenvolver a linguagem visual dos carros da empresa, bem como montar o espaço interno do Model 3, o modelo compacto da fabricante, e pensar nas interfaces digitais presentes nas centrais dos veículos.

Andrew Kim

Antes da Tesla, Kim passou cerca de três anos na Microsoft, onde trabalhou em produtos como o HoloLens, o Windows 10 e o Xbox One S.

Não se sabe em que projetos o designer trabalhará na Apple, mas a contratação reacende os rumores de que a Maçã ainda está trabalhando a todo vapor no desenvolvimento de um veículo para chamar de seu — vale lembrar que, meses atrás, a empresa também contratou o chefe de produção da companhia de Elon Musk. Será?

Sandy Parakilas

Mudando para um setor completamente diferente, o Financial Times informou que a Apple atraiu para seus terrenos o especialista em segurança digital Sandy Parakilas. Em Cupertino, ele será responsável por trabalhar com várias equipes dentro da empresa para se certificar de que os produtos desenvolvidos têm a privacidade como elemento determinante e utilizam os dados dos usuários das formas menos intensivas possíveis.

Sandy Parakilas

Parakilas tem uma história controversa com o Facebook: ele trabalhou na gigante de Mark Zuckerberg por um ano e meio até o fim de 2012, desempenhando o papel de monitor de privacidade e cumprimento das regras de uso. Ao deixar a companhia, entretanto, ele se tornou um dos maiores críticos das práticas do Facebook, acusando seus executivos de ignorarem alertas sobre invasão de privacidade e outras ações potencialmente perigosas.

Suas críticas se estendem a outras empresas: ele já afirmou, por exemplo, que Google, Twitter e Facebook lucram por meio de uma “perversão da democracia” proporcionada por “demagogos racistas e seus amiguinhos ditadores”. Sim, polêmico — esperamos que faça diferença na Maçã.

Patrick Gates

Já no campo das saídas de Cupertino, temos a notícia da partida de Patrick Gates, diretor sênior de engenharia do iCloud, do FaceTime e do iMessage.

Como trouxe o The Information, Gates — veterano que trabalhou na Apple por nada menos que 14 anos — está deixando a empresa para se juntar a uma startup chamada Humane, focada em “criar o próximo paradigma entre seres humanos e computação” e criada por outros dois ex-engenheiros da Apple, Imran Chaudhri e Bethani Bongiorno.

Alexander Hitzinger

Outra saída importante é a de Alexander Hitzinger, executivo que passou os últimos anos no “Projeto Titan” (e, portanto, no desenvolvimento de um sistema de carros autônomos). Ele se juntou com efeito imediato à Volkswagen, onde será diretor responsável pelo desenvolvimento técnico da divisão de veículos comerciais.

Alexander Hertzinger

Como informou a Reuters, Hitzinger também terá um papel importante nos esforços da VW no desenvolvimento de carros autônomos e da área de “mobilidade como serviço” — ou seja, carros autoguiados sem donos disponíveis nas ruas para os usuários. Esse não é o primeiro contato do executivo com o grupo Volkswagen; anteriormente, ele já tinha trabalhado na Porsche, subsidiária da empresa, como piloto de testes.

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes