Qualcomm rebate declarações de Tim Cook, chamando-as de “enganosas”

Em uma entrevista recente à CNBC, Tim Cook comentou — entre outros assuntos — a disputa judicial que a Apple trava com a Qualcomm em diversos tribunais do mundo. Para ele, a fabricante de chips age de forma errada ao exigir um licenciamento e a compra de chips, além de também não oferecer a utilização de suas patentes de maneira justa, razoável e não-discriminatória.

Para completar, o executivo disse que a última conversa entre as empresas aconteceu no terceiro trimestre de 2018, enquanto o diretor executivo da Qualcomm, Steve Mollenkopf, afirmou em novembro que as conversas sobre possível acordo estariam perto de um final feliz.

Pouco depois da entrevista, a Qualcomm respondeu às afirmações de Cook, chamando-as de “enganosas”. Como informou a Reuters, a fabricante de chips de San Diego manteve a sua posição, dando suporte às declarações do seu diretor executivo:

[A declaração da Apple é] mais uma vez enganosa e parece ser uma tentativa deliberada e cronometrada de manchar a reputação de nossa empresa. Temos sido consistentes nos últimos 18 meses ao deixar claro que, em vários momentos, estivemos em discussões com a Apple sobre uma possível solução para a nossa disputa de licenciamento. Também declaramos claramente em várias ocasiões que acreditamos que ela será resolvida, de uma forma ou de outra, no futuro próximo, seja por meio de um acordo ou decisões judiciais.

Fica claro que algo não está certo quando as duas empresas se desentendem até em algo simples como confirmar ou não conversas sobre um possível acordo. Ainda assim, a Qualcomm tem razão: de uma forma ou de outra (seja na conversa ou na briga), essa disputa será resolvida.

via AppleInsider

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes