Qualcomm se recusou a vender chips para os iPhones XS e XR, diz Apple

As audiências envolvendo a guerra judicial entre Apple e Qualcomm parecem estar fazendo ambas as empresas revelarem informações bem interessantes sobre a natureza dos seus negócios e detalhes sobre a própria indústria tecnológica. Só hoje já falamos sobre o pagamento de US$1 bilhão exigido pela Apple para exclusividade da Qualcomm no fornecimento de modems para iPhones; agora, a CNET trouxe mais um pedaço de informação interessante divulgado pela própria Apple.

Em depoimento realizado hoje à U.S. Federal Trade Commission, o COO1 da Apple, Jeff Williams, afirmou que a empresa pretendia utilizar modems da Qualcomm nos seus modelos mais recentes do iPhone (XR, XS e XS Max), mas a fornecedora se recusou a vendê-los para Cupertino por conta dos processos sendo movidos ao redor do mundo entre as duas empresas.

Como bem se sabe, para a linha de 2018 a Apple fez uma parceria exclusiva com a Intel, que fornece modems para todos os modelos de iPhone do ano. Até então, a suspeita era de que a decisão tinha sido da própria Maçã por conta das disputas judiciais com a Qualcomm; agora, sabe-se que não é nada disso – Cupertino até tentou continuar com o modelo de ter duas fornecedoras, mas a Qualcomm barrou qualquer tipo de negócio.

Williams revelou ainda o preço que a Apple pagava por cada modem da Qualcomm enquanto as empresas ainda faziam negócios: US$7,50 por peça, valor muito superior ao que a Maçã queria pagar — cerca de US$1,50 por peça. Segundo o COO, entretanto, a Apple não estava em posição de barganhar, já que o fornecimento da parceira era crucial para a produção dos iPhones e não havia outras opções no mercado à época.

O testemunho do executivo pode ser importante para determinar o curso do caso, considerando as acusações de monopólio e práticas antitruste direcionadas à Qualcomm. Veremos ao que isso tudo vai levar.

via The Verge

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes