Teclados de terceiros poderão enviar adesivos no WhatsApp; YouTube, Google Maps e Final Cut Pro ganham atualizações

E cá estamos nós novamente com mais uma leva de atualizações (ou atualizações futuras) de aplicativos populares da App Store! Vamos dar uma olhada nelas?

WhatsApp


Ícone do app WhatsApp Messenger

WhatsApp Messenger

de WhatsApp Inc.

Compatível com iPhones
Versão 2.19.31 (139.5 MB)
Requer o iOS 8.0 ou superior

Grátis

Badge - Baixar na App Store

Código QR Código QR

O mensageiro, que se tornou o aplicativo mais popular entre os titãs do Facebook, foi atualizado recentemente com um recurso que já tinha sido comentado por nós: a limitação do encaminhamento de mensagens a até 5 destinatários por vez — anteriormente, eram 20.

A mudança já tinha chegado anteriormente à Índia, onde, por conta da disseminação de boatos potencializada pelo aplicativo, uma onda de linchamentos atingiu o país e causou a morte de 27 pessoas. No resto do mundo, as motivações são parecidas, mas com um teor ligeiramente mais político — afinal, no Brasil e em todos os países onde o WhatsApp impera, o compartilhamento indistinto de notícias falsas causa preocupações de cientistas políticos, sociólogos e outros especialistas.

Além disso, o WABetaInfo trouxe a prévia de uma novidade que deverá chegar em breve ao app: a possibilidade de enviar adesivos também por teclados de terceiros. Com isso, não será mais necessário salvar os adesivos enviados por seus amigos; você poderá simplesmente utilizar um teclado e escolher seus próprios pacotes para enviar as figurinhas.

Adesivos do WhatsApp enviados pelo teclado GBoard

Na atual versão beta do WhatsApp para Android, já há integração com o Gboard para envio dos adesivos nativamente — anteriormente, os stickers do teclado eram enviados como imagens comuns. Espera-se que o recurso seja liberado para todos os usuários (possivelmente já com suporte a outros teclados) nos próximos meses.

YouTube


Ícone do app YouTube

YouTube

de Google LLC

Compatível com iPadsCompatível com iPhonesCompatível com o iMessageCompatível com Apple TV
Versão 14.11 (254.1 MB)
Requer o iOS 10.0 ou superior

Grátis

Badge - Baixar na App Store

Código QR Código QR

Enquanto isso, a maior plataforma de vídeos do planeta implementou uma mudança pequena, porém significativa no seu aplicativo: a navegação entre vídeos por meio de deslizes do dedo na tela.

Alternando entre vídeos do YouTube com gestos na tela

Com a novidade, usuários podem deslizar para a direita (para voltar ao vídeo que estavam assistindo anteriormente) ou para a esquerda (o que os levará ao próximo vídeo recomendado). Os vídeos sempre serão iniciados de onde pararam, e você pode realizar os gestos tanto em tela cheia quanto no modo retrato (telefone em pé), com o vídeo sendo exibido no topo da tela.

A mudança, segundo o YouTube, pode fazer os usuários utilizarem o app por mais tempo e aumentar o engajamento com conteúdos produzidos por YouTubers e profissionais presentes na plataforma. Num mundo onde 70% das visualizações do serviço vêm de dispositivos móveis, deve ser uma melhoria e tanto, de fato.

Google Maps


Ícone do app Google Maps -trânsito & comida

Google Maps -trânsito & comida

de Google LLC

Compatível com iPadsCompatível com iPhonesCompatível com o iMessage
Versão 5.13 (205 MB)
Requer o iOS 10.0 ou superior

Grátis

Badge - Baixar na App Store

Código QR Código QR

Continuando na seara do Google, a versão 5.9 do Maps para iOS também recebeu novidades interessantes, a começar por um recurso que mostra pontos de referência no mapa de navegação e nas rotas para que você se guie pela cidade com mais destreza.

Além disso, o update dá ao usuário mais filtros para restringir os resultados de suas pesquisas e mostra os horários de partida do transporte público tocando nas estações exibidas nos mapas. Também é possível, agora, fazer pequenas edições em fotos antes de postá-las nas páginas de estabelecimentos.

Em breve, como informou o Tecnoblog, o Google Maps passará a exibir também limites e radares de velocidade em ruas e autoestradas, como o Waze — o recurso já começou a aparecer para alguns usuários, em fase de testes, mas não se sabe quando eles chegarão à versão final do aplicativo.

Outro recurso que deverá surgir num futuro não muito distante, ao menos na cidade do Rio de Janeiro, é um alerta para áreas de risco — ou, mais precisamente, áreas da cidade listadas pela Secretaria de Segurança Pública e entidades públicas e privadas de segurança com altos índices de crimes como assaltos, roubos e furtos. O Waze também deverá receber a novidade, uma vez que o projeto de lei orientando a mudança foi sancionado pelo prefeito Marcelo Crivella já há algumas semanas, como trouxe o Olhar Digital.

Final Cut Pro X


Ícone do app Final Cut Pro

Final Cut Pro

de Apple

Compatível com Macs
Versão 10.4.6 (3 GB)
Requer o macOS 10.13.6 ou superior

R$ 1.099,90

Badge - Baixar na Mac App Store

Código QR Código QR

Por fim, o editor de vídeos profissional da Apple ganhou uma atualização focada em pequenas melhorias. De acordo com as notas de versão, o Final Cut Pro 10.4.5 traz uma melhor performance na geração de formas de onda em clipes sem canais de áudio.

Além disso, temos melhorias de estabilidade ao utilizar o atalho E para enviar projetos ao Compressor, ao colar textos em árabe ou hebreu a um título e ao alternar abas na linha do tempo.

O Final Cut Pro X está disponível na Mac App Store por R$1.100.

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes