Apple Maps: navegação ponto a ponto chega à Índia; mais cidades com Flyover

Mesmo com muito trabalho pela frente, pouco a pouco os recursos do Apple Maps são implementados em ainda mais cidades e países, permitindo que usuários acessem informações de trânsito detalhadas, naveguem ponto a ponto e vejam mapas internos de aeroportos e shopping centers. Sem mais delongas, vamos conferir quais recursos aterrissaram em novos lugares recentemente.

Navegação ponto a ponto

Foi vez da Índia de ganhar o suporte à navegação ponto a ponto. Com isso, o Apple Maps oferece instruções detalhadas de direção em todo o país, além da extensão para reservas de transportes dentro do app a partir dos dois maiores serviços de carro particular de lá, o Uber e o Ola.

Apesar da novidade, alguns recursos como informações de transporte público, indicação de faixa e limite de velocidade ainda não são oferecidas pelo serviço da Maçã. Por isso, o rival Google Maps tem sido o app de navegação mais usado por lá, já que oferece recursos especiais específicos da região, como o “modo duas rodas”, que indica atalhos aos motoristas de motocicletas e scooters nas cidades.

Somente o suporte à navegação ponto a ponto talvez não irá fazer a maioria dos usuários do iOS migrar para o Apple Maps, mas aqueles que também possuem um Apple Watch podem se beneficiar ainda mais da integração de alguns recurso do serviço, como os alertas proativos.

A navegação ponto a ponto chega à Índia quase três anos depois da Maçã anunciar um investimento milionário no país, que incluía melhorias para o Apple Maps.

Transporte público

Usuários do Apple Maps na Dinamarca, na Finlândia, na Noruega e na Suécia podem agora visualizar rotas a partir de meios de transportes públicos na maior atualização (combinada) do serviço da Maçã na Europa até o momento. Além disso, esse recurso chegou também a dois novos estados americanos: Louisiana e Minnesota.

A cobertura inclui rotas de trem, bonde, ônibus e funiculares nos estados americanos e nas capitais dos países europeus supracitados (Copenhague, Helsínquia, Oslo e Estocolmo, respectivamente), além de informações de transporte público também nas fronteiras dessas regiões.

A Apple ainda não atualizou sua página de disponibilidade de recursos com os novos locais, mas as informações de transporte público já estão disponíveis por lá. No Brasil, esse recurso está disponível somente no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Flyover, mapas internos e limite de velocidade

A Apple expandiu a visualização por Flyover para diversas novas cidades em países como Bahamas, Espanha, Estados Unidos, França, Japão, Inglaterra, Itália e Nova Zelândia. Com esse recurso, é possível visualizar com perspectiva e navegar em 3D por ruas, bairros e centros importantes nas cidades compatíveis. Em Portugal, esse recurso está disponível em Braga, Coimbra e Porto.

Os mapas internos de aeroportos e shoppings centers também chegaram a novos lugares, incluindo o Aeroporto Internacional de Raleigh-Durham (Carolina do Norte) e dezenas de outros centros de compras no Canadá, na Espanha e nos EUA. Confira a lista completa de aeroportos e shoppings compatíveis com os mapas internos.

Por fim, o Apple Maps passou a oferecer suporte ao limite de velocidade no Canadá; como o próprio nome sugere, esse recurso permite que usuário visualize a velocidade máxima de vias nos países disponíveis (agora Canadá, EUA e Reino Unido).

via MacRumors: 1, 2; 9to5Mac

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes