Apple Garosugil, na Coreia do Sul

Apple se defende de acusação de abuso de poder por órgão sul-coreano

Em abril passado, a Apple se viu em meio a um problema no território de sua principal concorrente do mundo dos smartphones: o órgão de proteção do consumidor da Coreia do Sul declarou a empresa culpada numa ação que acusava a Maçã de abuso de poder sobre operadoras locais. Hoje, Cupertino respondeu.

Apenas adicionando contexto à história, o órgão coreano fez a acusação com base em alguns fatos: primeiramente, a Apple estaria obrigando as operadoras do país a arcarem com todos os custos de publicidade dos aparelhos da Maçã, ainda que os materiais publicitários sejam totalmente produzidos pela própria Apple e padronizados no mundo inteiro.

Além disso, a gigante de Cupertino colocaria nas mãos das operadoras a responsabilidade de pagar por reparos realizados dentro da garantia e as imporia volumes mínimos de compra de unidades; tudo isso, segundo o órgão coreano, representaria um caso de abuso de poder da Maçã. A Apple, aliás, já foi multada por comportamentos semelhantes em Taiwan e na França.

No fim da última semana, o órgão concedeu direito de resposta à Apple. A Maçã, então, reconheceu que realiza as práticas listadas, mas discorda que elas representem um caso de abuso de poder, como informou o Korea Herald:

Durante a segunda semana de deliberações, ocorrida na última semana, a Apple declarou suas ações como justificadas, afirmando que a empresa tem, sim, uma vantagem sobre as operadoras locais em termos de negociação, mas não possui nenhum poder de controle real que possa exercer. A Apple afirmou que a publicidade beneficia tanto a si mesma quanto às operadoras coreanas, e a ação é totalmente justificada.

Caso o órgão coreano não se convença com a resposta dada pela Apple, a empresa poderá ser multada em até 2% dos lucros relacionados às atividades mencionadas no caso — ou seja, a venda de iPhones por meio das operadoras sul-coreanas. A decisão deverá sair nas próximas semanas.

via Cult of Mac

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes