Apple poderá abandonar telas LCD nos iPhones em 2020

Há alguns dias, comentamos os primeiros rumores mais consistentes acerca do que a Apple poderá adotar nos próximos iPhones, que deverão ser lançados no segundo semestre deste ano. Entre as possibilidades, o Wall Street Journal destacou que o sucessor do iPhone XR possuirá, assim como a versão atual, uma tela LCD1.

Agora, o mesmo jornal informou2 que a Maçã pretende abandonar o uso dessa tecnologia em prol do OLED3 em todo o line-up de iPhones em 2020, o que significa que o sucessor do iPhone XR seria o último modelo a usar esse tipo de display. Mais do que renunciar uma tecnologia “antiga”, a mudança para para OLED “permitirá um design de aparelho mais flexível”, de acordo com pessoas familiarizadas com os planos de produção da companhia.

Além disso, o WSJ sugeriu, no começo deste mês, que uma das fornecedoras de telas da Apple, a Japan Display, estaria buscando ajuda de investidores para se estabilizar após o corte nas produções dos novos iPhones, principalmente com relação ao modelo XR. O relatório de hoje não só bota mais lenha nesse boato, como afirma que a fabricante está em “negociações avançadas” com outra fornecedora da Apple, a TPK Holdings, e com o fundo estatal chinês Silk Road Fund.

Para além do corte na produção de iPhones, o jornal alegou que as fornecedoras de telas LCD estão “se esforçando para encontrar novas fontes de receita”, dada a diminuição do uso dessa tecnologia nos últimos anos (em parte por conta da sua produção, que requer um componente de luz de fundo independente; diferentemente do OLED, em que os pixels são iluminados individualmente).

Sendo assim, o tempo para possíveis alterações na produção dos modelos de iPhones deste ano realmente já passou e a Apple está agora concentrada nas características das futuras gerações do dispositivo.

via MacRumors

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes