Bluetooth 5.1 ganhará recurso de “detecção de localização” preciso

Imagem de destaque

O Bluetooth é uma tecnologia que, apesar de manter sua principal função ao longo dos anos (transmitir dados a curtas distâncias), continua a adotar e implementar recursos que melhoram ainda mais a comunicação sem fio entre dispositivos.

Agora, o Bluetooth Special Interest Group (SIG) revelou o próximo passo dessa tecnologia, que deverá chegar para milhares de aparelhos na próxima geração do protocolo.

Com o Bluetooth 5.1 (que está agora disponível para desenvolvedores), empresas poderão integrar novos recursos de “detecção de localização” em seus produtos habilitados para a nova versão do padrão. Atualmente, é possível utilizá-lo com serviços baseados na proximidade com outros aparelhos — como o caso do rastreador nativo do Apple Watch e do iPhone, a partir do qual é possível emitir um som caso você tenha perdido um dos dispositivos.

Contudo, o novo protocolo de detecção de localização permitirá saber exatamente o local onde o outro objeto compatível com o Bluetooth 5.1 está — inclusive apontando, no smartphone ou notebook, para a posição desse aparelho naquele local (algo como o GPS1).

O recurso de localização de direção permitirá que os dispositivos forneçam informações direcionais, o que significa que o usuário verá não apenas a distância de um objeto, mas também acompanhará a direção do item, facilitando ainda mais a localização de chaves, carteiras ou outros itens pessoais valor.

Esse é um potencial divisor de águas para como os serviços de localização são oferecidos, já que em muitos casos não é possível rastrear o ponto específico de um determinado objeto/dispositivo. Isso permitirá a adoção desse padrão “por ainda mais empresas e para novos usos”, afirmou o analista sênior da ABI Research, Andrew Zignani.

O novo recurso de localização de direção pode ajudar o Bluetooth a atender melhor às necessidades variadas e em evolução da indústria de localização, possibilitando implantações mais flexíveis, escalonáveis e futuras que acelerarão ainda mais a adoção do Bluetooth para serviços de localização nos mercados existentes, novas aplicações e casos de uso.

Com o lançamento do Bluetooth 5.0 em 2016, várias melhorias foram introduzidas ao padrão, incluindo transferências de dados mais rápidas e um alcance ainda maior. Além disso, a atualização permitiu que os fones de ouvido sem fio pudessem se comunicar com outros aparelhos a partir do Bluetooth Low Energy (BLE), que conserva mais energia e, por consequência, preserva a duração da bateria.

Veremos como as empresas adotarão o novo recurso na próxima atualização do Bluetooth; pessoalmente, espero por ainda mais eficácia nos sistemas e alertas por localização.

via VentureBeat

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes