Apenas um dia depois, Apple restaura certificado empresarial do Facebook [atualizado: Google também]


Ontem à tarde, cobrimos em detalhes aqui a violação de regras do Apple Developer Program cometida pelo Facebook, que culminou em seu certificado empresarial sendo revogado pela Apple — causando, é claro, uma grande dor de cabeça para a rede social, pois muitos dos seus apps internos/privados dependiam desse certificado para funcionarem.

Pouco tempo depois, descobriu-se que o Google fazia algo parecido e, como esperado, seu certificado também foi revogado pela Apple há algumas horas. Agora, uma boa notícia para o Facebook: a Apple já restaurou seu certificado empresarial.

Mike Isaac, repórter do New York Times, recebeu a seguinte declaração de um porta-voz do Facebook:

Nós tivemos o nosso Certificado Empresarial, que possibilita nossos aplicativos internos de empregados, restaurado. Estamos agora no processo de fazer esses apps internos voltarem a funcionar. Sendo claro, isso não teve um impacto em nossos serviços para consumidores.

Embora o porta-voz tenha usado o termo “restaurado”, é capaz que a Apple simplesmente tenha permitido que o Facebook emitisse um *novo* certificado empresarial para seus apps. Assim, ela garante que todos os apps que antes violavam suas regras por meio do certificado antigo não voltem mais a funcionar.

A punição de pouco mais de 24h apenas pode parecer leve, mas certamente a mensagem devida foi passada. As regras do Apple Developer Program devem ser cumpridas por todos igualitariamente, pouco importa se você é o Facebook ou o Google.

Atualização, por Luiz Gustavo Ribeiro01/02/2019 às 08:25

Algumas horas após ter revogado os certificados empresariais do Google, a Apple restaurou-os novamente (bem mais rápido que os do Facebook, diga-se de passagem), como notou Mark Bergen (da Bloomberg) e posteriormente foi confirmado por um porta-voz da companhia de Mountain View.

Os Googlers agora têm seus aplicativos iOS de volta, está tudo bem com o mundo.

Com a remoção dos certificados horas atrás, funcionários do Google perderam acesso às versões de testes dos seus aplicativos para iOS, como YouTube, Gmail, Google Maps e Agenda, causando uma “perda maciça de produtividade” que certeiramente tornará a empresa mais cuidadosa na hora de cumprir com as políticas da Apple.

O ex-Apple Michael Gartenberg brincou com o fato de a gigante de Cupertino ter restaurado, o quanto antes, os certificados das empresas — sugerindo que os bilhões que elas investem na Maçã não podem ser esquecidos.

Precisamos dar um jeito neles como demos no FB [Facebook], mas também tiramos bilhões deles, então vamos resolver isso.

Negócios são negócios, afinal.

Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.

Posts recomendados

Relatório de erro de ortografia

O texto a seguir será enviado para nossos editores: