Serviço de streaming de vídeos da Apple poderá ser lançado em abril [atualizado: ou não]

Ainda ontem nós falamos sobre o possível evento da Apple em 25 de março para apresentar o seu serviço de assinatura de notícias (revistas e jornais). As fontes do jornalista John Paczkowski, porém, preferiram não comentar sobre o vindouro serviço de streaming de vídeos — se ele seria ou não apresentado no mesmo evento. Bem, aparentemente, não. Pelo menos segundo informou a CNBC.

De acordo com o veículo, a Apple está nos estágios finais de preparação do serviço, que contará com conteúdo original gratuito para proprietários de dispositivos e uma plataforma de assinatura para serviços digitais existentes. O problema? Não espere por serviços como Netflix ou HBO, pelo menos nesse começo.

A ideia da Apple é lançá-lo em abril ou começo de maiocorroborando rumores passados. A grande diferencial estaria no fato de todo o conteúdo (tanto o oferecido pela Maçã quanto de terceiros) ser oferecido dentro do app Apple TV — atualmente, o aplicativo apenas lista os conteúdos mas, se você realmente quiser consumi-los, é levado ao app do serviço em questão.

Mas quem já estaria no barco, afinal? Lionsgate (que tem o serviço Starz), CBS (detentora do Showtime) e Viacom (dona do Nickelodeon e do Comedy Central, por exemplo) estão dentro.

App Apple TV

A HBO até pode entrar, mas as discussões ainda estão distantes de uma final feliz — isso porque ela não gostou dos termos da Apple, que seriam muito diferentes dos oferecidos pela Amazon; Netflix e Hulu1 seriam cartas foram do baralho — o que é esquisito, já que a Apple tem uma ótima relação com a Disney (hoje dona majoritária do Hulu).

O grande gargalo, aparentemente, é o de sempre: grana, bufunfa, verdinha. Atualmente, a Apple fica com 15% das assinaturas dos serviços comercializados pela App Store (como HBO GO e FOX Brasil, por exemplo). Ainda que a empresa não esteja exigindo o patamar de 50% para esse serviço (como no serviço de notícias), pessoas familiarizadas com o assunto afirmaram que a Maçã quer ficar com 30% do bolo de tudo que for assinado pela app Apple TV.

Quem sabe a melhor estratégia da Apple seja investir bastante em conteúdo original próprio para tornar o serviço bastante popular e, aí sim, tentar levar esses serviços para dentro do app. Veremos.


Ícone do app Apple TV

Apple TV

de Apple

Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 1.3.5 (868.4 KB)
Requer o iOS 10.2 ou superior

Grátis

Badge - Baixar na App Store

Código QR Código QR

Atualização 14/02/2019 às 09:19

De acordo com a Bloomberg, o serviço será, sim, apresentado no dia 25 de março — mais informações nesse artigo.

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes