Apple desiste de flagship na Suécia; lojas no Canadá e nos EUA serão modernizadas

A Apple está trabalhando para modernizar suas lojas a partir do novo padrão de varejo da companhia e, desta vez, mais um espaço na Califórnia (Estados Unidos) está prestes a ganhar uma boa expansão, assim como outro em Vancouver (Canadá). Na Europa, contudo, a Maçã parece desistir dos planos de se instalar em Estocolmo (Suécia) após vários problemas, como veremos a seguir.

Vancouver

Render da Apple Pacific Centre, em Vancouver

A Apple Pacific Centre foi inaugurada em 2008 e, após mais de uma década com o mesmo design, finalmente será (significativamente) renovada. A Apple planeja substituir toda a entrada do shopping por uma nova loja de dois andares, como divulgou o Daily Hive.

Mais precisamente, a loja da Maçã está localizada dentro do centro de compras Pacific Centre, que possui uma entrada estilo “estufa” feita de vidro. Segundo os planos apresentados pela empresa arquitetônica Perkins+Will e pela responsável do complexo, a Cadillac Fairview, o local onde atualmente é a entrada do shopping será totalmente reformado para incluir um novo pavilhão de varejo que se alinha ao estilo de arquitetura da Apple.

Entre os elementos de design apresentados no projeto que se assemelham àqueles adotados pela Apple, estão a grande fachada de vidro em vários níveis (como a Apple Store em Chicago) abaixo de um grande teto de madeira, paredes de calcário cinza (que imitam pedras), bancos de madeira e árvores dispostas dentro e fora do local e mais, como informou a Perkins+Will.

Como dissemos, é esperado que a instalação possua mais de um andar, o que também não é novidade em se tratando de Apple Stores. Se caso os planos sigam conforme esperado, um conjunto de escadas e um elevador ficarão atrás da (moderna) Video Wall (novo elemento adotado para as lojas onde ocorrem o Today at Apple) e darão acesso ao shopping.

A Apple não comentou oficialmente a expansão, mas isso não significa que os planos da companhia de inaugurar novas instalações em Vancouver dependam só disso, já que em novembro passado comentamos que a Maçã abrirá um novo escritório na cidade canadense.

San Jose

Render da Apple Valley Fair, em San Jose

Ainda mais perto de casa, a Apple pretende reformar e revitalizar a Apple Valley Fair, localizada no centro de compras Westfield Valley Fair (que também está em processo de expansão) em San Jose, na Califórnia.

Embora a Maçã também não tenha comentado mais essa novidade, os resultados fiscais da empresa que administra o complexo, a Unibail-Rodamco-Westfield, apontaram para mais essa investida.

A URW assinou com uma nova loja da Apple de dois andares na Westfield Valley Fair. A localização interna/externa contará com uma fachada espetacular de frente para a nova área de refeições ao ar livre.

Como citado no documento, os planos incluem a construção de uma loja com dois andares (assim como a possível expansão em Vancouver), o que nos leva a entender que o design das duas flagships deverá ser semelhante. Nesse sentido, documentos e renderizações da Valley Fair sustentam a ideia de que o novo espaço da Apple deverá contar com uma fachada toda de vidro, emoldurada por aço e com o teto de madeira.

Clientes na Apple Valley Fair

Apple Valley Fair em novembro de 2018.

Para os clientes da Maçã em San Jose a expansão será bem-vinda, já que o atual espaço da companhia vive lotado e não suporta as atividades e os serviços que a Apple passou a oferecer de alguns anos para cá, incluindo o Today at Apple.

Estocolmo

Projeto para loja da Apple em Estocolmo

Projeto para loja da Apple em Estocolmo

Com um projeto tão global como o da Apple de modernizar as suas lojas em diversos países, é claro que a companhia iria enfrentar um (ou vários) problema(s) ao longo do caminho. Desta vez, no entanto, o problema não é novo e certamente não tem deixado a Maçã contente.

De acordo com o jornal sueco Fastighetsvärlden, a Apple está planejando vender a propriedade que planejava ocupar com uma nova Apple Store na capital da Suécia, especificamente no Parque Kungsträdgården (considerado um local histórico para os moradores de lá).

Como comentamos em novembro passado, a nova liderança do Conselho Municipal de Estocolmo suspendeu os planos de construção da Apple no local, um dos mais antigos e respeitados parques de Estocolmo, que foi pensado em parceria com os arquitetos da Foster + Partners. Atualmente, o local é usado pela rede de restaurantes TGI Fridays e envolveria uma grande reforma.

Para (tentar) recuperar o valor e o tempo “perdido” com os mais de três anos do projeto, a Apple deverá vender o local ocupado pela TGI Fridays de volta à Prefeitura de Estocolmo. De acordo com o membro do Comitê de Desenvolvimento Urbano da cidade, Björn Ljung, a Apple está pedindo 179 milhões de coroas suecas (US$19,3 milhões) pela propriedade, um aumento significativo dos US$13,9 milhões divulgados anteriormente.

Veremos quais serão os próximos capítulos desse imbróglio na capital sueca.

via 9to5Mac: 1, 2, 3

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes