iPhone 7 e iPad Air 2 estão entre os dispositivos mais populares na América do Sul

Imagem de destaque

Na semana passada, comentamos como as pessoas estão levando, em média, quatro anos para trocar de iPhone — questão que afeta não só o mercado de smartphones, mas também a preferência dos usuários por um modelo específico do gadget carro-chefe da Maçã.

Nesse sentido, uma pesquisa da ScientiaMobile (divulgada pelo Pocketnow) revelou que o iPhone 7 (7,66%), lançado em setembro de 2016, foi o modelo de smartphone mais popular na América do Norte no último trimestre de 2018, seguido pelo iPhone 8 Plus (7,32%) e pelo X (6,95%), lançados no ano seguinte. Por aqui, na América do Sul, o iPhone 7 (3,33%) só perde para o Galaxy J7 Prime (3,76%), da Samsung.

Top smartphones no Q4/2018

Ainda acerca dos números da Apple e da Samsung, o único smartphone Android que obteve qualquer participação (em termos de popularidade) do terceiro para o quarto trimestre do ano passado (na América do Norte) foi o Galaxy Grand Prime +, que subiu 0,01%. Quanto aos iPhones, o modelo 8 teve um ganho de 0,80%, enquanto os iPhones X e 8 Plus subiram 0,72% e 0,63%, respectivamente.

Top iPhones no Q4/2018

Até mesmo entre os iPhones o dispositivo de 2016 reina com 4,69% de participação. Por último aparecem os modelos mais recentes, liderado pelo iPhone XS Max (0,99%) — seguido pelo XS (0,76%) e pelo XR (0,69%), o que vai de encontro ao estudo publicado pela Consumer Intelligence Research Partners (CIRP).

Top tablets no Q4/2018

No universo dos tablets, a Apple também está contando vantagem em cima das outras fabricantes: os 11 dispositivos mais populares da América do Norte no fim do ano passado eram todos iPads, com o iPad Air 2 liderando o ranking com 14,39%. Apenas um modelo do iPad Pro (o de 9,7 polegadas) entrou para a pesquisa, o qual obteve 3,34% de popularidade.

Na América do Sul o cenário não foi muito diferente, e o iPad Air 2 também liderou os índices de popularidade com uma grande margem para o segundo colocado… que também é um iPad (de quarta geração)! Enquanto isso, a Samsung pôde tirar proveito da popularidade do Galaxy Tab E (1,68%; 4,52%) e A (1,42%), na América do Norte, e também do Galaxy Tab 3 (3,92%), na América do Sul.

A ScientiaMobile obteve os resultados acima a partir de análises de tráfego de dispositivos e uma pesquisa que abordou diversos usuários sobre vários tópicos, incluindo a frequência com que essas pessoas estacionavam seus dispositivos para exibir vídeos e imagens na horizontal e suporte ao NFC1.

via TudoCelular.com

Posts recomendados
Comentários

O Modo Escuro foi ativado ou desativado.
Atualize esta página para ver os comentários.


Carregar mais posts recentes